quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Deputado Cabo Campos reúne com taxistas e ouve reivindicações


Os deputados Cabo Campos (DEM) e Adriano Sarney (PV) e participaram, na última terça-feira (7), na sala das comissões, de uma reunião com os taxistas dos municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Os profissionais pediram o apoio da Assembleia Legislativa para intervir na situação com a Secretaria Municipal de Transito e Transportes (SMTT).

Os taxistas defenderam a criação da região metropolitana para que a mobilidade urbana possa facilitar a vida dos trabalhadores. Eles afirmaram que não podem se deslocar com os seus clientes para São Luís porque têm os seus carros guinchados pela VIP Leilões, que presta serviços para a SMTT.



“Estamos aqui para pedir aos deputados que seja tomada uma atitude emergencial para que não sejamos mais humilhados; para que os nossos clientes não tenham que descer do carro no meio de uma avenida. A priore, nós estamos aqui de forma pacífica; é preciso estancar essa perseguição, pois aqui não tem bandido, aqui tem trabalhadores e pais de família”, afirmou o taxista de Paço do Lumiar, Antônio Carlos.

“Os fiscais da SMTT chegam com guincho e levam os nossos carros. Todos nós somos trabalhadores e dependemos dos nossos carros para trabalhar. Temos todo o direito de reivindicar; chega de tanta perseguição, nós só queremos trabalhar. Tenho fé em Deus que a nossa vinda à Assembleia Legislativa vai ser bastante positiva; que os deputados vão ver a nossa situação e nos ajudar”, disse o taxista de Paço do Lumiar, Carlos Boais.

O taxista Júnior Costa, de Paço Lumiar, afirmou que a perseguição ocorre diariamente. “Essa perseguição ocorre diariamente e de forma covarde. Os nossos carros estão sendo levados pelos guinchos da Vip Leilões. Nós estamos cansados por isso estamos aqui para reivindicar os nossos direitos, pois só queremos trabalhar”, disse Júnior Costa.

“O que o secretário Canindé Barros está fazendo com a gente é uma maldade. Nós estamos sendo coagidos. Aqui não tem bandidos, aqui tem pais de famílias. Se os nossos carros estão em dias e estamos habilitados, não tem porque apreendê-los”, acentuou Ranufe Abreu.

Audiência Pública

Tanto o deputado Cabo Campos como Adriano Sarney deram total apoio aos taxistas e se comprometeram a realizar uma audiência pública com os secretários municipais de trânsito e transportes de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço Lumiar para discutir essa questão. Antes da audiência pública, os deputados afirmaram que vão conversar com o secretário Canindé Barros sobre as apreensões dos táxis.

Cabo Campos lembrou que o problema da região metropolitana de São Luis é antigo e deve ser uma iniciativa de todas às prefeituras que compõem a grande ilha. para o deputado, não dá mais pra se prolongar o debate. “Essa situação não pode se prolongar mais do que já foi esticada, os prefeitos devem chamar a responsabilidade para o problema da metropolização, pois só definida essa questão, que os problemas como esse serão resolvidos. O problema dos taxistas é apenas um dentro da região metropolitana. Essa questão é muito mais complexa e pede urgência na sua definição”, afirmou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.