sábado, 21 de outubro de 2017

Márcio Jerry é reconduzido por unanimidade à Presidência do PCdoB do Maranhão

Márcio Jerry, Clayton Noleto, Egberto Magno, Eurico Fernandes e Nádia Campeão .





O Jornalista e atual Secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Governo do Maranhão, Márcio Jerry, foi reconduzido na tarde deste Sábado (21) à Presidência do Diretório do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) no Maranhão.

Jerry foi reeleito em ambiente de muita unidade partidária e convicção de toda a militância sobre o caminho que o Partido está trilhando no Maranhão e no Brasil.

"Esta é uma Conferência coroada de êxito com debates aprofundados sobre a realidade brasileira e maranhense, com um Ato de abertura de grande força e representatividade política. Temos muitas e enormes tarefas. A eleição do novo Comitê Estadual conduzirá o partido em mais uma etapa histórica que será a de reeleger o nosso companheiro Flávio Dino Governador no Maranhão.

Sobre o caminho tático das alianças eleitorais a ser conduzida pelo partido e aliados Jerry foi enfático: "Nós estamos ampliando nossa coalizão política de modo a que o processo de mudança que ocorre no Maranhão sob a liderança do Governador Flávio Dino possa se aprofundar cada vez mais.", disse Márcio Jerry.

Além do Presidente, o PCdoB elegeu-se também o vice presidente da Legenda, o Advogado Egberto Magno, e também o Secretário de Organização, Etelvino Oliveira.





Flávio Dino e prefeito Edivaldo entregam obras de urbanização do Residencial Paraíso








Em companhia do governador Flávio Dino, o prefeito Edivaldo entregou, no sábado (21), mais uma etapa da urbanização do Residencial Paraíso. O bairro recebeu cerca de 13 quilômetros de pavimentação por meio do programa Asfalto na Rua e teve mais de 70 ruas asfaltadas beneficiando mais de 10 mil moradores. A entrega coincidiu com a culminância da 50ª edição do programa 'Todos por São Luís', desenvolvido durante duas semanas no bairro integrante da região Itaqui-Bacanga.

"A urbanização do Residencial Paraíso cumpre mais um etapa da nossa administração no atendimento à populações que acumulam anos de abandono dos serviços essenciais do poder público. Com as obras, os moradores podem ter um bairro mais adequado, com urbanização, mobilidade e dignidade. Quando começamos os trabalhos aqui as ruas eram precárias e agora a realidade mudou totalmente e para melhor", destacou prefeito Edivaldo salientando a união entre Prefeitura e Governo do Estado. "Esta união tem garantido a melhoria da qualidade de vida da população, que se constitui o grande objetivo dessa parceria histórica", completou Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda e de secretário, entre eles o de Obras e Serviços Urbanos (Semosp), Antônio Araújo.
O governador Flávio Dino enalteceu mais uma vez a parceria institucional na promoção da cidadania e melhoria da qualidade de vida no município de São Luís. "A urbanização é muito importante, pois significa dignidade. Com a parceria com a Prefeitura de São Luís conseguimos resultados maiores. Acompanho o trabalho valioso que o prefeito Edivaldo vem realizando nesta região com a distribuição de benefícios para os bairros e suas populações. Fiquei muito feliz com o resultado dos trabalhos aqui no Residencial Paraíso", disse o governador do Estado.

O secretário da Semosp, Antonio Araújo, entende a pavimentação executada pelo programa Asfalto na Rua no Residencial Paraíso como uma etapa de serviços que dá continuidade a um trabalho iniciado desde os primeiros momentos da gestão do prefeito Edivaldo.

"É uma ação determinada pelo prefeito Edivaldo, consciente da importância de melhorar a mobilidade urbana em toda a capital, dando qualidade à vida das pessoas. Ao levar asfalto para bairros como o Residencial Paraíso, a Prefeitura está não só promovendo a melhoria da infraestrutura do bairro, bem como garantindo mais saúde para a população e fomentando o comércio na região", enfatizou o secretário.

Uma comitiva formada pelo deputado federal Weverton Rocha (PDT), deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), secretários de Agricultura, Pesca Abastecimento (Semapa), Ivaldo Rodrigues; de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo Andrade; de Comunicação (Secom), Conceição Castro; o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon) Fábio Nahuz; e lideranças comunitárias prestigiaram a entrega da segunda etapa de urbanização do Residencial Paraíso.

O Residencial Paraíso é um dos mais recentes do Itaqui-Bacanga. Na região, 58 bairros, a Prefeitura trabalha em parceria com o Governo do Estado através do programa Mais Asfalto. Todas essas ações de melhoria do aspecto urbanístico, que inclui iluminação, têm impactado diretamente na melhoria da urbanização da área com mais de 250 mil habitantes. Mais de 36 quilômetros de asfalto foram colocados nos bairros São Raimundo, Vila Bacanga, Vila Isabel, Vila Ariri, Vila São Luís, Vilas Mauro Fecury I e II e Alto da Esperança.

PROGRAMA

Desta vez, o programa Asfalto na Rua da Prefeitura de São Luís, que vem promovendo a melhoria da mobilidade, valorizando espaços e garantindo qualidade de vida, contemplou o Residencial Paraíso. A conclusão da segunda etapa das obras coincidiu com as comemorações de aniversário do bairro. Antes com ruas degradas e intrafegáveis, o local passou por uma transformação. A Prefeitura pavimentou mais de 13 quilômetros de 70 ruas do bairros, conferindo um aspecto urbanístico digno à comunidade e promovendo cidadania.

Além da pavimentação, foram realizadas obras de drenagem, sarjeta, meio-fio e calçamento em todas as ruas e melhoria da iluminação com a troca de lâmpadas amarelas por luz branca. O programa municipal tem transformado vários bairros da cidade. "Está uma maravilha. O Paraíso está verdadeiramente maravilhoso. O prefeito Edivaldo é o primeiro gestor que veio ao bairro. Ele acompanhou a execução da obra vistoriando todos os dias. Ele é um parceiro do Residencial Paraíso", declarou Erondina Santos Carvalho, funcionária pública, moradora há 45 anos na região do Itaqui-Bacanga.

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Semosp), deslocou uma frente de trabalho repetindo experiências anteriores, como na região do Coroadinho e Gancharia. "Com o programa Asfalto na Rua estamos urbanizando áreas que nunca receberam qualquer tipo de serviço. O que era antes área degrada e sem condições de trafegabilidade se transformou em espaço digno", disse o prefeito Edivaldo ao entregar as obras.

Entre as ruas beneficiadas pelo projeto estão a Airton Senna, Palmares, Nova Vista, Babaçu, Travessa do Poço e Lírio do Vale. Serão contempladas, ainda, as ruas 28 de Abril, Diamantina, Topázio, Marfim, Esmeralda, Duque de Caxias, Carlos Magno e a Travessa Canarinho. Na primeira etapa das obras, após a terraplanagem, foram realizadas pavimentação em asfalto e bloquete.

Na opinião de Keila de Fátima Rocha, vendedora autônoma, há 15 anos morando na rua da Amizade no bairro, esta foi a primeira vez que o bairro ganhou atenção do prefeito da capital. "Aqui no Paraíso parecia tudo paralisado. Agora ficou muito diferente do que era. Ganhamos muito com a urbanização do bairro e pavimentação das ruas. Principalmente, pela valorização das nossas casas. Aqui tinha rua que nem o pedestre podia andar", ressaltou Keila de Fátima.


TODOS POR SÃO LUÍS

Ainda em celebração ao aniversário do bairro, foi realizada pela Prefeitura a 50ª edição do 'Todos por São Luís', que entre outras ações, distribuiu mais de seis mil toneladas de pescados à população pelo programa Peixe Solidário, da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa). O 'Todos por São Luís' tem coordenação geral da primeira-dama do município, Camila Holanda.

No entendimento da coordenadora, o programa tem alcançado êxito pelos benefícios socioassistenciais que vem proporcionando aos moradores. "O programa representa também uma forma de aproximar a gestão da comunidade", sintetiza Camila Holanda.

Com uma ampla gama de serviços oferecidos pelo poder público, parte da programação da culminância do 'Todos por São Luís' aconteceu nas dependências da Unidade de Educação Básica Residencial Paraíso. Com o aumento da disponibilidade de especialidades médias, os serviços da área de saúde atraíram um grande público. Além de clínica médica, foram oferecidas consultas de dermatologia, pediatria, ginecologia, entre outros.

O estudante Leonardo Gabriel Serra, 10 anos, levou o cachorro até o posto de atendimento da escola Residencial Paraíso. "Ele vai vacinar contra raiva. É muito bom para a gente poder ter esse atendimento. Tô gostando muito", disse Gabriel.

Após 30 anos, Câmara volta a julgar contas de ex-prefeitos









Balanço de Gardênia Gonçalves, Conceição Andrade e Jackson Lago vão passar pelo crivo dos parlamentares. Os pareces do TCE citam aprovações com ressalvas e abstenções.

O prazo para a Câmara Municipal de São Luís (CMSL) analisar as contas de um prefeito, logo após o envio do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), é de um mês. Porém a avaliação dos cálculos das gestões de três ex-prefeitos — Gardênia Ribeiro Gonçalves, Conceição de Maria Carvalho de Andrade e Jackson Kepler Lago (já falecido) — estão atrasadas. Para zerar o julgamento das contas pendentes, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) foi assinado pelo presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), junto com o Ministério Público Estadual (MP).

O acordo possibilitou a apreciação do balanço financeiro dos ex-gestores da capital que há 30 anos não passava pelo crivo dos parlamentares. Para zerar os documentos pendentes, o Plenário Simão Estácio da Silveira começa a discutir alguns destes pareceres enviados pelo TCE-MA. Os primeiros julgamentos já estão na pauta da ordem do dia desta segunda-feira (23).

Dos 31 relatórios referentes aos anos compreendidos entre 1986 e 2017, foram identificados 13 relatórios com conclusão relativos às contas de 1988, de responsabilidades de Gardênia Gonçalves, aprovado com ressalvas; 1989, 1990, 1991 e 1992, de responsabilidades de Jackson Lago, também aprovadas com ressalvas; 1993, 1994, 1995 e 1996, de responsabilidades de Conceição Andrade, que teve parecer prévio com abstenção; e 1997, 1998, 1999 e 2000, também de responsabilidades de Jackson Lago, aprovadas com ressalvas.

A votação dos 31 vereadores vai determinar o futuro político de dois dos três ex-prefeitos – Gardênia Gonçalves e Conceição Andrade – porque caso os resultados forem desfavoráveis a elas, poderão ficar inelegíveis politicamente por oito anos e consideradas "fichas sujas". Dos ex-prefeitos que ainda poderão ser julgados até o fim do ano, apenas dois já faleceram: Jackson Lago, que administrou a cidade, de 1989 a 1992 e de 1997 a 2000; e João Castelo, de 2009 a 2012.

MAIS TRÊS 

Apesar do longo tempo desde que as contas deixaram de ser julgadas — o último registro no TCE é de 1987 —, só este ano, com a assinatura do TAC, foi que o assunto voltou a ser debatido no Palácio Pedro Neiva de Santa, sede do Poder Legislativo de São Luís. Além das contas de Gardênia, Conceição e Jackson, também devem passar pelo crivo dos vereadores até o final do ano o balanço de outros três prefeitos: Tadeu Palácio, de 2002 a 2004 e 2005 a 2008; João Castelo, de 2009 a 2012; e o atual prefeito Edivaldo Júnior, de 2013 a 2016.

TRAMITAÇÃO

Pela legislação, o TCE dá um parecer prévio a respeito dos números, mas cabe ao Legislativo dar a palavra final sobre eles. A partir do momento em que esse parecer prévio do TCE chega à Câmara Municipal, a Comissão Orçamento, Finanças, Planejamento e Patrimônio Municipal passa a deliberar tanto a respeito do parecer quanto das contas do Executivo. Nesse processo, o colegiado pode ou rejeitá-los ou aprová-los ou, ainda, aprová-los com ressalvas. A decisão da comissão ganha forma de um Projeto de Resolução, que será submetido à análise do Plenário da Câmara.

Após a aprovação pelo Plenário da Câmara, o Projeto de Resolução é encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça, Legislação, Administração e Assuntos Municipais para a elaboração e a votação da proposta de redação final. Terminado este processo, a Resolução é promulgada pela Câmara, que informa ao TCE a decisão do Plenário a respeito do parecer prévio e das contas do Executivo.

PRERROGATIVA

Segundo os artigos 58 e 59 da Lei Complementar Federal 101/2000, é obrigação privativa das Casas Legislativas realizarem a análise das contas do Poder Executivo após o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE).





Bancada federal garante R$ 70 milhões para a saúde do Maranhão em 2018

Dep. Rubéns Jr.





Após muita discussão, os deputados federais e senadores do Maranhão apresentaram a proposta de emendas que cabe à Bancada maranhense no Congresso Nacional, para o ano de 2018. “Ao todo foram 20 emendas. Duas são impositivas, ou seja, é um dinheiro garantido, com execução obrigatória, por parte do Governo Federal em benefício dos municípios do nosso estado”, anunciou o deputado federal e coordenador da Bancada, Rubens Júnior (PCdoB).

Segundo o parlamentar, apenas para a saúde, serão R$ 70 milhões para os municípios, por meio do Governo do Maranhão. “Sabemos das dificuldades que as cidades passam, e sensíveis ao pleito dos prefeitos, lutamos para garantir o máximo de verba para a saúde”, ressaltou Rubens Júnior.

A outra emenda impositiva será destinada à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), no valor de R$ 90 milhões. O montante deverá ser investido ações voltadas ao fortalecimento da capacidade produtiva dos municípios, como a construção e recuperação de estradas, implantação e distribuição rural de energia, e aquisição de equipamentos agrícolas.

Outras tantas emendas, ainda que não impositivas, foram presentadas. “Lutaremos para liberação de verbas para a saúde estadual, para auxílio nas UTIs e centros de hemodiálise. Também estão na lista para receber verba para a manutenção da saúde os municípios de São Luís, Caxias e Buriticupu”, detalhou. Além disso, a Bancada indicou emenda para a canalização e urbanização do Canal Turu, em São Luís, e revitalização da Rua Grande, também na capital.

Rubens Júnior destacou que os parlamentares continuam investindo na educação do Maranhão. Na lista estão: ITA em Alcântara, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Instituição Federal de Educação Profissional e Tecnológica do Maranhão (IFMA), além da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMA Sul). “Como exemplo, podemos citar a construção do Centro de Convenções da UEMA e a construção do Centro Esportivo e de Convivência Acadêmica da UEMA Sul”, detalhou o coordenador.

As rodovias federais no estado também foram contempladas com emendas. Historicamente, os parlamentares destinam verba para a duplicação das BRs 135 e 226, por exemplo. E em 2018 não será diferente, visto a importância dessas estradas para o desenvolvimento de todas as regiões maranhenses.

Por fim, o deputado Rubens Júnior reafirmou seu compromisso em garantir que a Bancada atue com responsabilidade, sem prejudicar o Maranhão. “Os parlamentares precisam trabalhar em conjunto, trazendo cada vez mais novas conquistas para o nosso estado”, finalizou.

SINPROESEMMA e SEDUC dialogam sobre novo Edital de ampliação e unificação de matrículas



Presidente do SINPROESEMMA, Raimundo Oliveira e a Secretária-Adjunta de Educação da SEDUC Nádia Dutra.

Dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) começaram a discutir o novo edital de ampliação e unificação de matrícula, uma das maiores conquistas do Sinproesemma nos últimos anos. O encontro ocorreu quinta-feira, 19, na sede administrativa da entidade e contou com a participação da secretária-adjunta de Educação, Nadia Dutra, que participa da elaboração do edital.

Para o próximo edital, que, segundo o Governo do Estado, deverá ser divulgado até o final de novembro e abrangerá 195 municípios, o Sinproesemma propõe ajustes, como a inclusão dos servidores da categoria especialista II e também da educação especial, independentemente se são lotados em centros ou núcleos.

Outro posicionamento da direção do Sinproesemma foi pelo reaproveitamento dos documentos utilizados pelos docentes no último edital. Vale destacar que as próximas inscrições serão realizadas pela internet, sendo presencial somente a entrega dos documentos. Se houver o reaproveitamento dos documentos, como defende o sindicato, haverá maior participação dos educadores no seletivo.
Segundo o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, a reunião teve o caráter de discutir ajustes e foi a primeira de outras que ocorrerão até a publicação final do edital. “Sempre haverá a necessidade de fazer ajustes para facilitar a participação dos educadores e contemplar um número cada vez maior de participantes”, ressaltou.

Para o professor Oliveira, a ampliação é um instrumento importante para melhorar a qualidade de ensino da rede pública estadual. “É a valorização do profissional da educação, pois contempla o servidor com mais 20 horas, somando 40 horas, para que ele possa desenvolver a sua atividade e ter um ganho remuneratório maior”, explicou.

Já para quem deseja a unificação, acrescenta Oliveira, o benefício será a tranquilidade de não sofrer a situação de acúmulo de matrículas.

O encontro ainda contou com a participação da vice-presidente, Hildinete Rocha, da secretária de Comunicação, Ilza Maria, e da secretária-geral, Isabel Cristina.


Fonte: ASCOM - SINPROESEMMA

Flávio Dino reúne mais de 10 partidos aliados na abertura da Conferência Estadual do PCdoB


O PCdoB reuniu uma ampla aliança na grande 15ª Conferência Estadual realizada  sexta-feira, (20) no Espaço Renascença, em São Luís. Com a presença dos líderes políticos dos principais partidos, prefeitos, vereadores e militantes de todas as regiões, o evento ratificou a liderança do governador Flávio Dino à frente do governo do Estado e a continuidade do projeto de mudanças e transformações que o Maranhão atravessa.




Com mais de três mil pessoas na plateia, o PCdoB se consolida como o maior partido do Maranhão e recebe a adesão de cada vez mais siglas na grande aliança que está se formando para as eleições de 2018. Em discursos carregados de palavras de apoio e reconhecimento ao trabalho do governador Flávio Dino, a Conferência marca a aprovação e favoritismo do projeto que interrompeu, nas últimas eleições, uma das mais longevas oligarquias do Brasil.




Em seu discurso, o governador Flávio Dino lembrou da luta que teve início há quatro anos – na Conferência realizada no ano de 2013 – e disse que a esperança e a mudança moveram o povo maranhense naquela época. “Mas nós não somos movidos hoje, diferente de quatro anos atrás, apenas por uma ideia abstrata de esperança. Nós temos ao nosso lado a confirmar a nossa esperança, fortalecer e dar coerência, dar vida às nossas palavras. Temos ações e resultados. Eu tenho muito orgulho de dizer para vocês que nesses quatro anos de 2013 até hoje, eu aprendi muito. Aprendi todos os dias. E me dediquei como nunca eu fiz na minha vida profissional a essa missão”, ressaltou Flávio Dino.




Ele lembrou ainda do momento econômico complicado que o país atravessa, mas que com trabalho e união está conseguindo cumprir o programa de governo proposto. “Se vocês não encontrassem correspondência prática entre os compromissos e ação de governo nem eu estaria aqui”, disse, enfatizando o fato dele ser 100% ficha limpa e que atualmente governador e secretários não enriquecem às custas do dinheiro público. “E essa é a razão pela qual o dinheiro rende. Pelo qual a gente com pouco consegue fazer muito. Porque no nosso governo não tem taxa, não tem propina e não tem pedágio. E essa é uma grande conquista do povo”, completou.

Flávio Dino agradeceu a todos que fazem o Governo do Maranhão, “vocês me fazem dormir tranquilos, porque o nosso destino e o destino do povo do Maranhão está bem entregue na mão de todos e todas que aqui estão” e também aos parceiros que ajudam nessa empreitada, “quero, acima de tudo, agradecer aqueles que não são do PCdoB. Porque sozinho a gente não chega em canto nenhum”.

A presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, participou da Conferência e sublinhou as alianças que formam uma identidade programática e ideológica que fazem ser possível enfrentar qualquer desafio. Ela destacou a trajetória profissional e política do governador Flávio Dino e frisou que a com a sua “capacidade, inteligência, competência e, antes de tudo, compromisso com o povo, é capaz de virar a história do Maranhão e de mudar o rumo do estado”.

Ela elencou uma série de investimentos que estão sendo feitos pelo Governo do Estado nas áreas de educação, saúde, infraestrutura – entre tantos outros – e realçou que o Maranhão está dando exemplo de administração em tempos de crise e carregando a esperança de que quando se tem forças políticas comprometidas, o povo se organiza e vai junto fazendo as mudanças. “Ser bom no bom é bom. Eu quero ver o cabra ser bom no ruim. E é isso que o governador está fazendo”, citou um ditado do seu estado, o Pernambuco.

O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, enfatizou a construção de algo que vem sendo histórico no estado, “que é esse projeto de um Maranhão melhor para todos liderado pelo governador Flávio Dino”. Ele agradeceu aos parceiros que estão irmanados nessa grande luta por igualdade, justiça e oportunidades e citou a militância e a “gratidão aos companheiros e companheiras que não são do PCdoB mas que comungam da mesma fé que o nosso partido”.

Aliados

A 15ª Conferência Estadual do PCdoB contou com a participação de líderes políticos de mais de 10 partidos que hoje compõe o campo de alianças do Governo do Estado, além de dezenas de prefeitos do partido. Todos foram efusivos em seus discursos e reafirmaram o compromisso de manter o projeto de mudanças implantado no Maranhão a partir de 2015. “Com união, harmonia e com amizade se constrói um grande futuro”, afirmou o presidente do PR, deputado estadual Josimar de Maranhãozinho.

O presidente do PRB, o deputado federal Cléber Verde, falou sobre a satisfação de estar compondo Governo. “Quero dizer do nosso compromisso não só dessa aliança, compromisso de gestão, político de partilhar de uma luta que está mudando a realidade do Maranhão. Eu tenho andando pelos municípios e é visível a mudança hoje que o Maranhão tem diante daquilo que o senhor tem feito com a sua equipe, com o dinamismo a favor do povo do Maranhão”, disse o parlamentar ao governador.

O presidente do PSB, prefeito de Timon Luciano Leitoa, disse ter “muito orgulho de por onde nós andamos a gente sempre mostra que o Maranhão tem avançado bastante”, e citou a triste situação vivida pelo vizinho estado do Piauí, que passa por problemas decorrentes da crise. “O governador Flávio Dino tem feito, nesse momento de crise econômica, um grande governo. Que orgulha muitos dos maranhenses que esperaram por esse momento”, salientou.

O presidente do PT, Augusto Lobato, e o deputado federal Waldir Maranhão também ressaltaram o governo do PCdoB no Maranhão. Para o presidente do PDT, deputado federal Weverton Rocha, os partidos coirmãos sempre caminharam nas grandes lutas do país, nos direitos dos mais humildes e dos pobres, sempre em defesa da sociedade. “Temos orgulho de dizer que temos um comandante nesse barco que está passando por essa grande tempestade que é o comandante Flávio Dino ajudando atravessar esse momento difícil”, destacou.

Congresso Nacional
A Conferência Estadual do PCdoB seguiu neste sábado, na Assembleia Legislativa, com debates em torno do tema. “Em defesa da nação, da democracia, do desenvolvimento e dos direitos sociais”. O evento no Maranhão funcionou como encontro preparatório para o 14º Congresso Nacional do partido, a ser realizado entre os dias 17 e 19 de novembro, em Brasília.

Ele serviu ainda como debate local das teses definidas pela direção nacional do partido. Essas teses devem orientar - após amplo e democrático debate durante o 14º Congresso Nacional - a ação partidária nos próximos quatro anos.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Inscrições para concurso da PM foram adiadas



O adiamento do início das inscrições do concurso da Polícia Militar no Maranhão foi feito para facilitar a vida dos candidatos. As inscrições começariam na última segunda-feira, mas foram adiadas para fazer os ajustes.

Como explicou o deputado estadual Marco Aurélio, novas cidades serão incluídas como polo para a realização de provas. Ou seja, vai haver mais locais em que as provas serão aplicadas, reduzindo a necessidade de viagens e deslocamentos. 

Ainda de acordo com o deputado, uma das cidades-polo será Imperatriz. “Sairá, portanto a retificação do edital e a partir daí as inscrições se iniciarão”, diz o deputado. 

O concurso da PM oferece 1.215 vagas nas carreiras de soldado e tenente, com exigência de níveis médio e superior, respectivamente.