quarta-feira, 29 de março de 2017

Prefeitura participa da posse de novo membro da Justiça Eleitoral


 
Representando o prefeito Edivaldo, o vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, participou da solenidade de posse do advogado Eduardo José Leal Moreira, como juiz efetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA). A sessão solene de posse do novo membro da Corte Eleitoral ocorreu na segunda-feira (27), no Plenário da Casa.

O vice-prefeito de São Luís, que dividiu a mesa da sessão solene, com outras autoridades, disse que espera sucesso nas atividades desempenhadas pelo novo membro da Justiça Eleitoral e que ele terá missão importante nesse momento de luta pelo resgate da democracia brasileira.

É terceira vez que Eduardo José entra para o corpo de juízes do TRE-MA. O advogado já atuou como membro do Tribunal por duas outras vezes, sendo uma como substituto e a segunda como efetivo, vaga para a qual foi reconduzido no dia 17 de março e tomou posse nesta segunda.

O presidente do TRE-MA, desembargador Raimundo Barros, deu posse a Eduardo e boas-vindas ao juiz na sua nova missão como membro do Tribunal. "Bom retorno a essa Corte. Tenho certeza que irá continuar com o mesmo equilíbrio, mesmo bom senso e a mesma serenidade", disse o presidente.

"Tenho sorte de estar recebendo novamente essa homenagem, pela segunda vez como membro efetivo da Casa", ressaltou Eduardo Moreira, que já participou por três vezes da lista tríplice, pleiteando a vaga de juiz eleitoral.

Além da vaga de membro efetivo, para a qual o advogado Eduardo Moreira foi reconduzido, existe ainda mais outra a ser preenchida, na categoria jurista, que é ocupada, temporariamente, pelo advogado Daniel Blume, membro substituto da Corte.

Veja o resultado final da prova discursiva do concurso da Educação do município de São Luís




Os candidatos ao concurso para professor da Prefeitura de São Luís podem ter acesso ao edital que traz o resultado final da prova discursiva para todos os cargos e as devidas convocações aos que se submeterão às demais etapas do concurso. O documento está disponível no site do Centro Brasileiro de Pesquisa, Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cesp/UnB), responsável pela realização do processo, e na página da Prefeitura.

O concurso oferece 822 vagas nos níveis médio e superior, incluindo oportunidades para magistério e, pela primeira vez, vagas na Educação Especial, para preenchimento imediato e também cadastro de reserva. As informações do processo podem ser acessadas no endereço: http://www.cespe.unb.br/concursos/pref_saoluis_16/ e clicar no link 'Editais, Comunicados e Informações' e na página da Prefeitura no: http://www.saoluis.ma.gov.br/edital.asp?id_edital=1215.

O secretário municipal de Educação (Semed), Moacir Feitosa, destaca que mais uma etapa se consolida com total clareza dos candidatos e demonstrando lisura do processo. "Esse concurso foi muito esperado e atende à demanda da Educação. A integração destes novos profissionais é muito aguardada e complementa a política da gestão do prefeito Edivaldo na qualificação do ensino às crianças e jovens de São Luís", enfatiza Moacir Feitosa.

A secretária municipal de Administração (Semad), Mittyz Fabíola Carneiro Rodrigues, avalia que o concurso vem transcorrendo em sua total normalidade e a expectativa é que brevemente estes novos docentes venham somar ao quadro da Educação municipal. "Aos que alcançaram êxito em mais essa etapa, que atentem às orientações e informações do edital e sigam todos os trâmites para que o processo continue prosseguindo normalmente", disse a gestora.

TÍTULOS

No edital, o candidato vai se informar ainda sobre a convocação da avaliação de títulos para os cargos de nível superior; para a prova de desempenho teórico-prático; e a chamada para a perícia médica para os cargos de nível médio e superior indicados. A avaliação de títulos será nos dias 30 e 31 deste mês, das 8h às 17h, no Centro de Ensino Liceu Maranhense, Centro. Na entrega dos títulos o candidato deve observar todas as instruções do edital. Na falta de documentos ou entrega fora do prazo, o candidato terá a nota zerada, segundo o edital.

A prova de desempenho teórico-prático vai ser realizada dias 1º e 2 de abril. Para participar, o candidato selecionado deve acessar o edital a partir desta terça-feira (28), para verificar o local de realização da prova e do sorteio dos temas, dependendo do cargo para o qual se inscreveu. Deve ainda informar os dados solicitados.

Ainda no edital, estarão disponíveis as informações aos que se submeterão à perícia médica, que será realizada dia 2 de abril. O candidato deve conferir seu local e horário de realização do processo, por meio de consulta individual. Respostas a recursos contestando o resultado provisório na prova discursiva vão ser disponibilizados a partir da data provável de 3 de abril, em edital no site do Cespe-UnB e da Prefeitura.

O diferencial deste concurso público é a destinação de vagas no magistério para a área da Educação Especial. Todos os cargos desta modalidade são oferecidos pela primeira vez e é uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo. Foram criados cargos para atender alunos com algum tipo de deficiência e assim, fortalecer o planejamento da gestão por uma educação ainda mais inclusiva.

CARGOS

O concurso oferece vagas no magistério para professores de artes, ciências, educação física, educação infantil, filosofia, ensino religioso, geografia, história, inglês, língua portuguesa, matemática, atendimento educacional especializado, braile, língua brasileira de sinais, intérprete de língua brasileira de sinais, suporte pedagógico e professor 1° ao 5° ano.

Os inscritos para nível médio vão concorrer às vagas para os cargos de cuidador escolar, monitor de transporte escolar e para transcritor e adaptador de Sistema Braille. Os de nível superior têm oportunidades nas áreas de arquitetura, assistência social, engenharia civil, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, revisor de braile e terapia ocupacional.

Os salários variam de R$ 1.112,09 para cargos de nível médio; e de até R$ 2.661,20 para o nível superior. O concurso conta ainda com vagas no cadastro de reservas, para serem acionados em caso do surgimento de demanda e tem validade de dois anos.

Eduardo Braid imita Fávio Dino e visita a Câmara "quase passa despercebido"


O deputado Eduardo Braid não toma jeito mesmo. Agora deu pra imitar o governador Flávio Dino.

Na segunda-feria 27 o deputado apareceu na Câmara, mas, apagado que é, quase que passa despercebido.


Braid falou no ouvido de um e de outro. Deve estar tentando articulação para as próximas eleições.
quem sabe não consegue?!

O própio chaguinhas afirmou que a visita foi com o objetivo de  ampliar os "laços" entre Assembleia e Câmara. Será que Braid pesca alguém?!!







Ricardo Diniz defende castração química para crimes de violência sexual




O vereador Ricardo Diniz (PC do B), defendeu na tribuna da Câmara no início dea semana a castração para indivíduos  que cometem crimes de violência sexual.

"Seja qual for a vítima, sabemos que esse tipo de crime acomete mais as mulheres. Mas também temos conhecimento de casos em que a violência sexual atinge crianças e adolescentes. Portanto, a sociedade sofre com a ação desses psicopatas que escolhem suas vítimas de acordo com o seu desejo de matar e violentar", afirmou Ricado Diniz.

.O vereador citou o caso de um dos criminosos mais conhecidos do país, Chico Picadinho, o assassino pode sair da cadeia após 41 anos, ainda nesse primeiro semestre de 2017.

Edivaldo entrega mais 272 unidades habitacionais do 'Minha Casa, Minha Vida'




"Por mais de 20 anos sonhei com esse momento. Receber a chave da minha casa própria é como concretizar um sonho que considerava quase impossível de realizar, diante dos poucos recursos que a minha família tem. Estamos imensamente felizes", relatou a dona de casa Dorian Amaral Gonçalves, 41 anos. A família de Dorian é uma das 272 que receberam as chaves das novas unidades habitacionais do Residencial Vila Maranhão V, entregues pela Prefeitura de São Luís, na terça-feira (28).

Com a entrega de mais esses 272 apartamentos às famílias contempladas pelo programa federal 'Minha Casa, Minha Vida', em São Luís, a Prefeitura, que executa o programa na capital, conclui a entrega de todo o complexo residencial do Vila Maranhão - etapas de I a VI.

Segundo o secretário municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), Mádison Leonardo, ao todo foram entregues 1.444 unidades habitacionais, nas seis etapas do Residencial Vila Maranhão. O titular da Semurh afirma também que o município ainda tem cerca de nove mil unidades em construção, que devem ser entregues até o final de 2017, quando o município deverá bater a marca de 20 mil habitações entregues na gestão do prefeito Edivaldo.

"Isso demonstra o zelo e a preocupação que a gestão do prefeito Edivaldo tem com as pessoas, pois está possibilitando para milhares de famílias benefícios reais de poder obter sua moradia própria e viver dignamente. Além disso, está contribuindo de forma significativa para a redução do déficit habitacional na capital", disse o secretário da Semurh.

NOVO LAR

Com 272 unidades, o Residencial Vila Maranhão V está localizado no bairro Maracanã, na zona rural da capital. O complexo de apartamentos é destinado a famílias de baixa renda como a da autônoma Dina Célia Mendonça, 33 anos. "Moro com minha filha em uma casa emprestada por um parente. Só quem passa por situações como esta que vivo, morando de favor, sabe o valor de receber sua casa própria. Todos nós sonhamos e merecemos viver sossegados com nossas famílias, em um cantinho só nosso", relatou ela, ao receber as chaves de seu novo lar.

Além do Vila Maranhão de I a VI, a Prefeitura também já entregou, nos últimos anos, as unidades habitacionais dos conjuntos residenciais Piancó, Ribeira I a IX; Luiz Bacelar I e II; apartamentos do Recanto Verde; do Residencial São José V; apartamentos do Piancó VII e VIII; e casas do Residencial Santo Antônio e unidades do Residencial Amendoeira. As unidades são compostas de apartamentos ou casas com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

Em parceria com o Governo Federal, o programa é executado pela Prefeitura de São Luís, a quem cabe a realização de todas as etapas procedimentais, desde a captação dos recursos, a realização dos projetos, a prospecção e aquisição das áreas para construção dos empreendimentos até o cadastramento e seleção das famílias beneficiadas pelo programa.

CAPACITAÇÕES

De acordo com Mádson Leonardo, a Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) vai iniciar, nos próximos dias, nova etapa do projeto Trabalho Técnico Social, desta vez para os moradores do Residencial Vila Maranhão V. A ação consiste na realização de capacitações, que têm como objetivo oportunizar aos seus habitantes auferir uma renda extra. Dentre as ações desenvolvidas pelo Trabalho Técnico Social estão oficinas, cursos, palestras educativas, entre outras modalidades de capacitação.

Os projetos habitacionais executados pela Prefeitura de São Luís têm ainda como diferencial a contratação e construção de equipamentos sociais como creche, escola, área de lazer e posto de saúde, no próprio local. As unidades habitacionais são destinadas a pessoas de baixa renda, que não tenham residência própria.

Cada empreendimento do 'Programa Minha Casa, Minha Vida' em São Luís reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam beneficiárias do Aluguel Social. O trabalho de identificação desse público, que tem prioridade no programa, é realizado por equipes técnicas Semurh.

Bira requisita instalações adaptadas para Corpo de Bombeiros






O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), por meio de indicação ao Governo do Estado, solicitou a implantação de instalações adaptadas para o Batalhão de Buscas e Salvamento do Corpo de Bombeiros Militares do Maranhão.

Segundo ressaltou o parlamentar, atualmente o Batalhão de Buscas do Corpo de Bombeiros Militar não dispõe das instalações adaptadas necessárias para o devido funcionamento. Fator que, de acordo com ele, tem prejudicado os trabalhos de busca e salvamento desenvolvidos.

O documento contendo a solicitação já foi encaminhado ao governador Flávio Dino (PCdoB) para que, uma vez verificando a disponibilidade, atenda a solicitação e garanta o pleno funcionamento das atividades do Batalhão.

Câmara de São Luís transmitirá sessões pela Internet








A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) inicia, ainda neste semestre, a transmissão em tempo real, via Internet, das sessões ordinárias, extraordinárias e as audiências públicas do Legislativo. O serviço estará disponível no site da Casa (www.saoluis.ma.leg.br), todas as segundas, terças e quartas-feiras pela manhã, a partir das 10h00, horário regimental da abertura dos trabalhos legislativos. Fora deste horário, o usuário poderá fazer downloads e assistir as sessões anteriores.

Por meio da página eletrônica, qualquer cidadão com acesso à rede mundial de computadores poderá acompanhar, em tempo real, as decisões do Poder Legislativo municipal. A transmissão será feito através do sistema de vídeo que está sendo instalado no Plenário Simão Estácio da Silveira e vai permitir o uso da tecnologia.

A iniciativa tem como objetivo dar mais transparência às atividades do parlamento, além de aproximar a população do Legislativo ludovicense, segundo destaca a diretora de Comunicação, jornalista Itamargareth Correia Lima.

Ainda de acordo com Itamargareth, a exibição ao vivo das sessões legislativa é mais um passo para o cumprimento de uma das principais metas da gestão do vereador Astro de Ogum (PR) no comando da Casa: a maior transparência das ações do Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do Poder Legislativo da capital.

— Com essa tecnologia, o cidadão comum poderá acompanhar os trabalhos dos vereadores de qualquer local onde possa acessar o site da Câmara, agilizando a propagação de medidas legislativas e dando conhecimento público às atuações de cada um dos 31 parlamentares com assento na Casa de Leis — afirma Itamargareth.

A diretora de Comunicação ressalta ainda que a transmissão ao vivo das sessões é uma prestação de serviço, pois facilitará a atuação dos assessores, da imprensa, e também contribuirá para que as pessoas conheçam melhor o trabalho da Câmara.