sexta-feira, 9 de junho de 2017

Temer não respondeu questões da PF e arquivamento do inquérito

Presidente da República ataca as questões que lhe foram remetidas nos autos do inquérito da operação Patmos



AGÊNCIA ESTADO

O presidente Michel Temer disse não à Polícia Federal. Em petição entregue nesta sexta-feira, 9, ao ministro Edson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, o peemedebista ataca em 14 páginas as 82 perguntas que lhe foram dirigidas pela PF nos autos do inquérito da Operação Patmos, que o põe sob suspeita de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa no caso JBS.

A petição por Temer é subscrita pelo criminalista Antônio Claudio Mariz de Oliveira, um veterano da advocacia com larga experiência nos tribunais superiores.

A defesa pediu o arquivamento do inquérito.


Fonte: O Tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.