quinta-feira, 25 de maio de 2017

Flávio Dino: Usar Exército para mandar recado a opositores é hediondo

Por meio das redes sociais, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), comentou o decreto de Michel Temer, publicado nesta quarta-feira (24), autorizando o uso das Forças Armadas para conter as manifestações que pedem a sua renúncia e rechaçam as reformas.

Foto: Alan Marques/Folhapress

Para Flávio Dino, “usar o Exército para mandar recado a opositores é hediondo, em um país que viveu uma ditadura com torturas, censura, cassações e mortes”.

E concluiu: “As memórias de Rubens Paiva, Herzog, Covas, Marighella, Zuzu Angel, Ulysses Guimarães e outros perseguidos pela ditadura merecem respeito”.

Mais cedo, antes do governo anunciar o fatídico decreto, Flávio Dino escreveu: “Hoje em Brasília a voz do povo se fará ouvir. Ato político essencial e às vezes ignorado por analistas. Que tudo corra em paz”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.