Corona Virus: e se for verdade?



Falar sobre o “novo” coronavírus (COVID-19) parece ser fácil. Pois é o assunto do "momento" e todos estão emitindo "opiniões". Pois bem, estamos todos aterrorizados com algo que surgiu aparentemente de “repente”, ao menos foi assim que a mídia inicialmente divulgou a contaminação pela doença no início do seu alastramento. Um mal não identificado, algo que teria surgido subitamente, que não teríamos tido o tempo hábil para conhecer o tal vírus e todas as suas versões. Portanto, teríamos poucas chances de lutar contra a mortandade dos doentes. Mas não é bem assim. Hoje buscando alguma coisa que explicasse um pouco mais sobre a enfermidade, me deparei com um vídeo do Dr. Rodrigo Silva, arqueólogo, filósofo e outras coisas mais, confira aqui o perfil completo dele: ver perfil profissional.

Ele gravou dois vídeos, o primeiro aparentemente despretensioso, ele apresentou um olhar cristão sobre o tema. Mas como em todo o seu trabalho, coerente, com os crentes e com os descrentes na teoria do criacionismo, ele expõe os dois lados da moeda, e deixa o questionamento: “e se?”. Não buscando explicação,  mas apenas expondo o olhar bíblico acerca dos fatos históricos da humanidade, no caso, a pandemia do COVID 19. Devido a repercussão do primeiro vídeo, e como excelente profissional que é, ele costuma demonstrar ao seu público diferentes lados e até visões divergentes acerca de um determinado tema. Pois bem, ele recebeu um artigo científico no qual há um alerta de um grupo de cientistas, entre eles alguns chineses, publicado em 2017 no qual trás uma explicação para pandemia que acomete o mundo.

Em tempos de Fake News em grupos de WhatsApp, correntes, e enxurradas de falsas teorias, entendo que seja difícil criar um filtro para que nada disso nos deixe com medo do que pode vir. Entendo, que quando o assunto é ciência, a teologia para a maioria, seja qual for o “problema” apresentado, não tem valia. E na maioria das vezes, quem replica algo nesse sentido também é desacreditado, é tido como fanático, visão atrofiada ou apenas um religioso querendo pregar o apocalipse. Mas alerto a vocês que parte dos maiores nomes da ciência e da filosofia têm ou tiveram DNA judeu, nomes como: Sigmund Freud; Albert Einstein; Karl Marx e até mesmo o mais ateu de todos, Friedrich Wilhelm Nietzsche, e muitos outros. Pois para àqueles que desconhecem, além de apresentar a teoria do criacionismo a bíblia tem servido e serviu como base histórica para esses e outros grandes nomes, através dos seus estudo, relatos e até achados arqueológicos, hoje expostos nos maiores museus do mundo. Bem, digo isso, para que você que duvide, siga o exemplo, de pessoas como o Dr. Rodrigo Silva, que busca conhecer um pouco para além do seu universo profissional, um arqueólogo, renomado internacionalmente, que inconformado com apenas um lado da história da humanidade, busca encontrar fatos históricos que comprovem os relatos da bíblia sagrada. 


 E novamente eu convido você. Pesquise! Dizer que o tema do conteúdo lhes apresentado, foi matéria da revista veja.abril.com.br em Janeiro agora, janeiro de 2020. O qual também estou deixando o link aqui no final, para você conferir. Enfim, faço um convite para você pesquisar tudo que você vai ler na matéria da veja e ouvirá nesses dois vídeos, e se faça também o seguinte questionamento: e se for verdade? E busque a resposta mais coerente, mais acertada, a partir do ponto de vista científico e histórico. Segue aqui os links primeiramente da matéria, depois do primeiro vídeo. Mas antes faço um apelo, assista como um curioso, afim de avaliar o que inicialmente, pode parecer fantasioso. Depois, assista o segundo vídeo com o olhar de quem quer saber a verdade sobre o alerta dado à humanidade, através de um grupo de cientistas que assinaram o artigo que o Dr. Rodrigo Silva apresenta. E novamente, pesquise. Verifique fontes confiáveis e crie o seu conceito de verdade, acerca da origem do COVIDE19. Mas antes faço um pedido, abra bem os ouvidos e ouça o que dizem as palavras do Dr. Rodrigo, porque estamos num tempo em que, mesmo tendo olhos e ouvidos não vemos e nem ouvimos o óbvio, que se apresenta diariamente meio que querendo ser descoberto, desnudo. Mas infelizmente, a grande maioria, não entende, não vê e não faz um esforço para compreender.





1- Dr. Rodrigo Silva: 


2- Dr. Rodrigo Silva: 

Comentários