segunda-feira, 18 de junho de 2018

NO MA, BOLSONARO MOSTRA DESPREPARO E DIZ QUE NÃO TEM PLANO DE GOVERNO

Cumprindo agenda em São Luís, o pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), mostrou um discurso retrogrado em que apenas afirmava que iria trabalhar para tirar o governador Flávio Dino do poder e acabar com “esse negócio de comunismo”; sobre propostas para o país ou plano de governo, afirmou que ninguém tem até o momento e que geralmente isso é uma peça de ficção

O pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), cumpriu agenda em São Luís, na quinta-feira (14), e mostrou seu despreparo para a corrida presidencial deste ano.

Bolsonaro foi recepcionado por simpatizantes no Aeroporto Marechal Cunha Machado, concedeu entrevista coletiva, participou de um ato político no Multicenter Sebrae e, à noite, jantou com a classe empresarial em um hotel na área nobre de São Luís.

Em todas as oportunidades, Bolsonaro deixou de mostrar suas propostas para criticar o governador Flávio Dino (PCdoB) afirmando que vai trabalhar para tirá-lo do poder. “Se o povo quer mudar, tem que tirar da cabeça esse negócio de comunismo”, disse o deputado tido como preconceituoso.

Sobre suas propostas reais para o Brasil e sobre seu Plano de Governo, Bolsonaro desconversou e afirmou que ninguém tem plano de governo até o momento e que geralmente isso é uma peça de ficção encomendada junto a um marqueteiro.

Os eventos de Bolsonaro não foram acompanhados por nenhum deputado federal ou estadual. Presidentes de partidos políticos também não compareceram aos eventos do presidenciável.

A passagem de Bolsonaro pelo Maranhão foi marcada por momentos de críticas raivosas e poucas propostas para o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.