sexta-feira, 6 de abril de 2018

Golpe: Após ofício de TRF-4, Moro levou 19 minutos para pedir prisão de Lula



Juristas destacaram a rapidez da emissão do despacho de prisão do ex-presidente Lula pelo Juiz Sérgio Moro.

De fato, os magistrados Nivaldo Brunoni – substituto do desembargador Gebran Neto na relatoria da Lava Jato no TRF-4 – e Leandro Paulsen, presidente da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, autorizaram a emissão do mandado ao juiz Sérgio Moro às 17h31 desta quinta-feira (5).

“Desse modo e considerando o exaurimento dessa instância recursal – forte no descabimento de embargos infringentes de acórdão unânime –, deve ser dado cumprimento à determinação de execução da pena”, escreveram os magistrados.

Às 17h50, exatos 19 minutos depois, Moro determinou a prisão do ex-presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.