quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

LULA: MANDAR ME PRENDER É O ÚNICO JEITO DE ELES GANHAREM A ELEIÇÃO





O ex-presidente Lula segue sem demonstrar abatimento com a perseguição Judicial de que vem sendo alvo; líder absoluto em todos os cenários de intenção de voto, o petista ainda ironiza: “se fosse eles, também mandaria prender”; “É o único jeito de ganharem a eleição”, diz ele; para os advogados de Lula, os embargos de declaração entregues na terça (20) ao TRF-4 dificilmente serão julgados até o fim de março; caso os desembargadores não tratem de todos os aspectos questionados no recurso, a defesa do ex-presidente não descarta apresentar novos embargos de declaração ao TRF-4


 Mesmo nas conversas internas, o ex-presidente Lula segue sem mostrar abatimento. Destacando o caráter político do ato, ele ainda ironiza: “se fosse eles, também mandaria prender”, “é o único jeito de ganharem a eleição”, conclui.


Os advogados do ex-presidente Lula acreditam que os embargos de declaração entregues nesta terça (20) ao TRF-4 dificilmente serão julgados antes do fim de março

Caso os desembargadores não tratem de todos os aspectos questionados no recurso, a defesa do ex-presidente não descarta apresentar novos embargos de declaração ao TRF-4.

Integrantes da tribunal apostam que o caso de Lula deve ser pautado no fim de março, quando a composição original da turma que julgou o petista em janeiro estará completa –neste momento, dois juízes estão de férias.

Mais novo integrante da defesa do petista, Sepúlveda Pertence intensificou a movimentação pelo Supremo Tribunal Federal –corte na qual atuou por anos. Ele marcou encontros com diversos ministros.

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo


Fonte: 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.