quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

BRASIL TEM EMPATE TÉCNICO SOBRE IMPEDIMENTO DE LULA EM 2018





Apesar da perseguição do Judiciário e da imprensa familiar contra o ex-presidente Lula, os brasileiros estão divididos quanto a impedir que o petista —líder absoluto em todos os cenários— participe das eleições de 2018; há um empate técnico sobre a questão, com cerca de 50% para cada lado; rejeição à candidatura de Lula é maior entre as faixa de renda mais alta

 Os brasileiros estão divididos sobre a possível inelegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após sua condenação em segunda instância, segundo a última pesquisa Datafolha. Há um empate técnico sobre a questão.

A parcela dos que dizem que Lula deveria ser impedido de participar das eleições de outubro é maior –51%, contra 47% que afirmam que ele deveria concorrer–, mas a diferença está dentro da margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos.

Entre os grupos que mais defendem seu impedimento estão os eleitores com ensino médio (55%) e superior (67%) e trabalhadores com renda familiar mensal acima de dois salários mínimos (60%), com apoio que cresce conforme a renda (é de 70% entre os que ganham mais de dez salários mínimos).

A candidatura de Lula encontra apoio nas regiões Nordeste e Norte, onde 71% e 53% dos eleitores, respectivamente, defendem que o ex-presidente possa ser candidato. No resto do país, mais de 60% se opõem à ideia.

Fonte: 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.