sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

MINISTRO DA JUSTIÇA PARABENIZOU JUÍZES POR CONDENAÇÃO DE LULA





Ministro da Justiça de Michel Temer, denunciado por corrupção e formação de quadrilha, Torquarto Jardim revelou que ligou para o presidente do TRF-4, Carlos Thompson Flores, para cumprimentá-lo pela atuação “brilhante” dos três desembargadores “ no julgamento que condenou o ex-presidente Lula na Corte; apesar da falta de provas e do nítido favorecimento à acusação; Torquato elogiou o trio de Porto Alegre: "Temos que reconhecer que eles dominaram completamente o processo, sabiam exatamente o que estavam falando”; o ministro, porém, pediu cautela antes de um eventual pedido de prisão do petista, líder absoluto em todas as pesquisas de intenção de voto

247 - Torquato Jardim, ministro da Justiça, não disfarçou a satisfação com o resultado do julgamento do ex-presidente Lula, condenado sem provas no TRF-4.

O ministro disse que, após o julgamento da 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, telefonou para o presidente do TRF-4, Carlos Thompson Flores, para cumprimentá-lo pela atuação “brilhante” dos três desembargadores. “

Independentemente de concordar ou não com a decisão, temos que reconhecer que eles dominaram completamente o processo, sabiam exatamente o que estavam falando”, disse.

Torquato Jardim expôs ainda a preocupação com as consequências de um eventual pedido de prisão do ex-presidente Lula, líder absoluto em todos os cenários de intenção de voto em 2018. Torquato disse que é preciso ter “muita prudência”, uma vez que o Supremo Tribunal Federal (STF) pode rever a possibilidade de execução da pena após condenação em segunda instância.

“Seja qual for o brasileiro envolvido nesta questão é preciso muita prudência, porque o STF pode mudar de opinião, pode inverter o 6 a 5. Acho que devemos esperar a decisão final do STF antes de implementar. Estamos falando de liberdade e um dia perdido de liberdade é um dia irrecuperável”, afirmou o ministro, em entrevista a Carla Araújo no Estado de S.Paulo.

Fonte: 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.