terça-feira, 2 de janeiro de 2018

A múmia do Sarney ataca novamente e veta nomeação de Pedro Fernandes

A múmia do Sarney ataca novamente e veta nomeação de Pedro Fernandes



Quem pensa que a múmia do Sarney está morta politicamente, engana-se, hoje em Brasília o "Mumm-Rá brasileiro deu uma pequena amostra do seu poder na política nacional. O fantasma do Sarney está mais vivo do que nunca, segundo informações do próprio Planalto, bastou apenas um conversa de pé de ouvido de Sarney com  golpista Michel Temer para a desistência do Palácio do Planalto de nomear o deputado federal Pedro Fernandes (PTB) para o Ministério do Trabalho. 

Temer pediu ao presidente do PTB, Roberto Jefferson, que o partido indique um novo nome para o cargo. No dia 27 de dezembro, Ronaldo Nogueira, do PTB, deixou o ministério, e o comando do partido indicou Fernandes para assumir o cargo.

Nesta terça-feira (02), o Planalto afirmou que houve o veto de Sarney, que considera Pedro Fernandes um opositor (inimigo político). A posse de Pedro Fernandes seria na próxima quinta-feira, dia 4 de janeiro. O pobrezinho já havia até convidado os amigos para a solenidade da sua posse.

No entanto, a situação sofreu uma revira volta com a mão "amiga" do Zé. O presidente do PTB confirmou que o governo pediu uma nova sugestão de nome para o cargo e disse que é preciso "aguardar" os acontecimentos.

Pedro Fernandes confirmou que não irá mais ocupar a pasta e deixou clara sua indignação com o golpe da velha e articuladora múmia. Roberto Jefferson comandante do partido recebeu um telefonema de Temer pedindo que fosse feita uma intermediação entre Fernandes e Sarney. Mas o deputado, no entanto, nem quis saber da possibilidade de ter que pedir a benção para Sarney, de quem já foi aliado, atualmente, Fernandes é do grupo do governador Flávio Dino  e quer distância da "praga" dos sarneys.

 
— Pois é, não deu certo. Assim, eu que não aceito mais. O Roberto Jefferson me explicou e já disse tudo como foi — disse Pedro Fernandes, constrangido. Por sua vez, Sarney negou que tenha vetado Fernandes no ministério. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.