segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Sinproesemma lamenta morte de professor em Açailândia




O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), lamentou a morte no último dia (1º), do professor Ruimar Silva Almeida, de 38 anos, assassinado com um tiro, durante um assalto a uma farmácia no município de Açailândia.

De acordo com informações da Polícia Civil, era o dia de folga da vítima, que estava na fila para fazer alguns pagamentos, quando dois homens chegaram à farmácia e deram voz de assalto, o professor reagiu e tentou tomar a arma de um dos assaltantes, mas acabou sendo atingido com um tiro e morreu no local.

Toda a ação criminosa foi filmada por câmeras de segurança do estabelecimento. Após o latrocínio, os suspeitos fugiram sem deixar pistas. O crime está sendo investigado pela Polícia Civil.

A secretária geral do Sinproesemma, professora Izabel Linz, lamentou e classificou a morte do professor Ruimar, como brutal.

“Pra nós foi um grande susto, a maneira como aconteceu, o local, o horário em pleno o centro da cidade, com as ruas cheias de gente, um cidadão numa fila no seu dia de folga e de repente essa violência, por pessoas que não têm respeito nenhum pela vida do próximo, então nós do Sinproesemma estamos profundamente tristes porque é mais uma pessoa da categoria que nós perdemos de uma forma brutal”, lamentou.


Açailândia

Nesta terça-feira (07) a partir das 16h haverá uma movimentação em Açailândia organizada pelo núcleo Sinproesemma, amigos e alunos do professor Ruimar denominada “Passeata Pela Paz”, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade e poder público para a questão da violência na cidade. Atuante, o professor de matemática estava lotado nas Escolas Darcy Ribeiro e José Cesário da Silva, foi sindicalista e atuou no Sinproesemma com participação ativa nas lutas da categoria.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.