terça-feira, 14 de novembro de 2017

Presidente do PT de São Luís repudia declaração de subprefeito e pede resposta

Preseidente do PT municipal, Honorato Fernades

Após a declaração fora de hora e totalmente incoerente com o posto que ocupa, o subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique, foi repreendido pelo presidente do PT de São Luís, Honorato Fernandes. O vereador classificou a declaração do subordinado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), como algo equivocado e que tem total repúdio do parlamentar.

Além da nota divulgada, Honorato Fernandes já solicitou do secretário de Articulação Política, Jota Pinto (PEN/Patriotas), um posicionamento sobre a declaração de Fábio Henrique.

Entenda o Caso

Com status de secretário, o sub-prefeito do Centro Histórico Fábio Henrique, parece esquecer de qual governo faz parte. Na manhã desta sexta-feira (10), considerado o Dia Nacional de Paralisação e Luta, partidos da esquerda – PT, PCdoB e PDT – além dos movimentos sindicais – CUT, CTB, Força Sindical – realizam um grande ato pelo país e no Maranhão não foi diferente. Porém o subordinado de Edivaldo Holanda Júnior que é do PDT e foi apoiado pelo PCdoB e PT nas eleições de 2016, chamou os manifestantes de “desocupados”.


Em uma postagem pública na sua página oficial do Twitter, Fábio Henrique diz: “olha a quantidade de desocupados atrapalhando a vida de todo o distrito industrial da cidade. Ainda tem gente que aprova 10 barulhentos atrapalharem a vida de uma cidade toda. Uma área que inclusive tem hospitais importantes…”.

Fábio Henrique deixa claro em sua postagem que é a favor de todas as reformas promovidas pelo PMDB em parceria com PSDB, DEM e outros golpistas, assim como são considerados pelos esquerdistas. O sub-prefeito pelo menos é sincero e deixa claro que a aliança com PCdoB e PT, além da escolha do prefeito Edivaldo pelo PDT é por puro oportunismo político.


Segue a nota na íntegra:

O trabalhador (a) brasileiro sofre as terríveis consequências de um governo golpista que diariamente usurpa direitos conquistados dos trabalhadores. São propostas absurdas como as da reforma da previdência e trabalhista só para citar algumas. Diante deste nefasto quadro os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil buscam no ato de manifestar, um direito legitimo de protestar contra este desmonte.

Diante do exposto repudiamos com veemência a triste e equivocada postagem do sub prefeito de São Luís, Fábio Henrique, em que se refere aos trabalhadores (as), que protestam neste Dia Nacional de Luta, como desocupados.

Exigimos respeitos aos trabalhadores (as) e as instituições que participam do ato. Não vamos nos calar e nossa luta é pelo povo brasileiro. E assim seguimos.

Honorato Fernandes
Vereador de São Luís
Presidente do PT de São Luís


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.