quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Vereador Honorato: "Governo Michel Temer promove um desmonte no Brasil"


Vereador Honorato Fernandes 

O vereador Honorato Fernandes (PT) fez uso da tribuna na manhã desta quarta-feira (04) no plenário da Câmara para alertar a população acerca do desmonte promovido pelo governo “golpista” do presidente Michel Temer, de acordo com o vereador, Temer tem atuado em várias frentes no sentido de promover um total desmonte do Brasil em todas as áreas. 

Acabando com os direitos dos trabalhadores, como a aposentadoria com a reforma da previdência, e tirando o direito ao trabalho como por exemplo, com a aprovação da Lei da terceirização, além das demais reformas, como do ensino médio sem consulta à população acadêmica e estudantil, entre outros malefícios engendrados pelo presidente “golpista”, até o momento.

“O que nós estamos vivendo hoje, é sem dúvida nenhuma, um desmonte da estrutura política e econômica do nosso país e do Estado por um governo golpista. Um desmonte que chega ao ponto de não se respeitar as instituições ou até as mesmas instituições confundirem o seu papel. Aí, eu faço um recorte presidente, ‘nós temos que respeitar as instituições’, o que está acontecendo hoje no Brasil é um desrespeito ao povo brasileiro, é um desmonte das políticas públicas de inclusão daqueles que ao longo da história foram esquecidos”, pontuou Honorato Fernandes

O vereador ainda destacou o que ele considera ser a venda dos royalties do pré-sal para os estrangeiros, o desmonte da saúde à educação, a entrega dos correios, o sucateamento do (SUS), sucateamento das escolas e universidades que têm fechado as portas e no Maranhão o vereador denunciou a iminência de fechamento da UFMA com a redução na ordem de 20% dos recursos.

“Como é que nós vamos falar de futuro se a gente não atentar para essa situação que bate ás nossas portas, de manhã, tarde e noite?”, finalizou o vereador, destacando a importância da Educação para a formação de profissionais preparados para lhe dar com o social.

Honorato ainda fez alusão à formatura de seu filho, como parte de uma parcela de 20 por cento da população que tem aceso a uma educação de qualidade, logo esses profissionais teriam a responsabilidade maior de trabalhar a questão social para aqueles que não têm uma educação de qualidade.

“Com orgulho falo da formatura do meu filho, mas dizer que cada um que tem acesso a uma educação de qualidade, e ele faz parte de uma parcela de 20% da população que tem acesso a essa educação de qualidade; que todos nessas condições têm a obrigação e o dever de ajudar a transformar essa triste realidade que ainda nos afronta nesse país”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.