quinta-feira, 26 de outubro de 2017

O projeto Quarta de Cinema já estreia com sucesso e documentário sobre crimes de ódio

Vereador Honorato ao fundo observa atentamente...
 O Diretório Municipal do PT de São Luís deu início ontem quarta-feira (25), às 19h, a primeira edição do Projeto Quarta de Cinema. O documentário “Intolerância.doc” foi escolhido para dar início ao projeto que visa levar cultura e conhecimento  à sociedade. A exibição aconteceu na sede do Diretório, localizada na Rua dos Jambos, quadra 70, número 18, Renascença.


O objetivo do projeto é, "através da linguagem cinematográfica, suscitar debates sobre temas de relevância para a sociedade", destacou o presidente do PT de São Luís, o vereador Honorato Fernandes. 



A jornalista Tarcila Mendes, organizadora do evento, agradeceu a presença de todos e o apoio dos parceiros que acreditaram na grandiosidade do Projeto.

"O objetivo é proporcionar cultura através do cenema para a sociedade, e acho que conseguimos isso hoje aqui, então agradeço à todos que vieram e contribuíram para o lançamento do projeto", pontuou.
 


 
Sobre o filme


Nesta primeira edição, logo após a exibição as discussões aconteceram em torno do documentário “Intolerância.doc”, que mergulha em universos como o de torcidas organizadas e grupos neonazistas, entre outros grupos que refletem uma triste estatística já sentida por muitos brasileiros: o crescimento dos crimes motivados por ódio.

O longa da cineasta Susanna Lira, gravado em 2015 e lançado em agosto deste ano, acompanha a trajetória de cinco vítimas de intolerância: André Lezo, torcedor da Mancha Alvi Verde; e Felipe Dime, torcedor da Gaviões da Fiel, vítimas fatais de espancamento. Johni Raoni, punk morto a facadas por skinheads; Renata Perón, travesti que perdeu um rim ao ser agredida por um grupo de desconhecidos; Edson Neris, espancado por skinheads que o identificaram como gay.

De acordo com a organização do projeto, o intuito é promover exibições mensais gratuitas, abertas ao público nos bairros de São Luis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.