segunda-feira, 31 de julho de 2017

Governo anuncia lista de 5.559 beneficiados com Progressões


Dirigentes do Sinproesemma durante uma das mesas de negociações com a Seduc


O Governo do Estado divulgou a relação de professores da rede pública de ensino que serão contemplados com o pagamento de progressões funcionais, mais uma conquista da luta do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma). 

Ao todo, 5.559 educadores do quadro da Seduc e do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) progredirão na carreira, resultando em um impacto financeiro mensal de R$ 1 milhão para o Estado. Somente neste ano, 6.565 professores da rede foram contemplados com progressão funcional.

As progressões serão pagas juntamente com o vencimento de agosto e implementadas com efeito retroativo a julho deste ano. A medida é mais uma conquista para os professores da rede pública estadual, que se soma aos demais benefícios conquistados resultantes das lutas sindicais das gestões anteriores e da atual gestão do presidente, Raimundo Oliveira, que incansávelmente desde o início do seu mandato procurou tetomar as negociações com o governo do Estado para garantir o cumprimento pela Seduc, desse importante pleito da Pauta de reivindicação da categoria, construída ao longo das gestões passadas.

 Como fruto das mesas de negociações do Sinproesemma com governo, no total, 22.317 professores já foram contemplados com progressões funcionais desde 2015.

A progressão funcional é a evolução do educador da rede pública estadual, que, após determinado tempo de serviço, avança de uma referência para outra superior na tabela remuneratória do magistério, conforme estabelecido pelo Estatuto do Magistério.

Conquistas históricas da luta do Sinproesemma e da categoria

Além das progressões, outros pleitos históricos da categoria por intermédio do Sinproesemma foram atendidas pelo Governo do Estado, como a unificação de matrículas e a ampliação de jornada; concurso público para 40 horas, incluindo vagas para profissionais da Educação Especial; concessão de gratificação para a Educação Especial e a gratificação de dedicação exclusiva; eleições democráticas para diretores de escola, entre outros que ainda fazem parte da pauta de negociações entre governo e sindicato.


Quantitativo de progressões: 

2015 – 11.144 professores
2016 – 4.608 professores
2017.1 – 1.006 professores
2017.2 – 5.559 professores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.