quinta-feira, 13 de julho de 2017

É o fim da carteira assinada:Temer sanciona reforma trabalhista




 Michel Temer sancionou no início da tarde desta quinta-feira (13) o projeto de reforma trabalhista aprovado pelo Congresso Nacional.


A nova legislação altera regras da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e prevê pontos que poderão ser negociados entre empregadores e empregados e, em caso de acordo coletivo, passarão a ter força de lei. As novas regras entrarão em vigor daqui a quatro meses, conforme previsto na nova legislação.

Entenda o que muda para o trabalhador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.