sexta-feira, 5 de maio de 2017

Deputado Cabo Campos reúne com excedentes do concurso da PM


 O deputado estadual Cabo Campos (DEM) como vice-presidente da comissão de Segurança da Assembleia Legislativa reuniu-se na última quinta-feira (4), com dezenas de candidatos sub judice do último concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Maranhão. A reunião aconteceu na sala das Comissões da Casa.

“O deputado Cabo Campos tem sido uma peça fundamental, um baluarte, com relação a nossa luta sub judice. A gente sabe que sempre pode contar com ele. Essa é uma luta justa. O Maranhão clama por segurança e nós estamos nos colocando como solução”, disse Clayton dos Santos, um dos candidatos que encabeçam o movimento no estado.

Em 2016, uma decisão da justiça suspendeu a liminar que autorizava a convocação dos excedentes no concurso realizado em 2012 pela Polícia Militar. Com isso, os candidatos não puderam participar do curso de formação policial ministrado no CEFAP (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças). Segundo Clayton, alguns candidatos chegaram a ser chamados para iniciar o processo de formação, mas foram afastados em seguida. “Alguns estavam nesse último curso e, por força da lei, foram desligados”, contou.

A reunião de hoje teve o objetivo de garantir uma aproximação com o Governo do Estado. De acordo com Fabiane Mendes, o encontro com a Comissão de Segurança teve um saldo positivo mediante a expectativa do grupo. “Nós tivemos como resposta uma data para audiência pública com o Governo do Estado e Comando Geral. Vai ser feito um encaminhamento para que eles possam participar dessa audiência”, disse.

O deputado Campos reconheceu os esforços do executivo estadual em aumentar o efetivo policial, mas, pediu que o governo dê prioridade aos candidatos sub judice  . “Governador Flávio Dino, apelo para a sua sensibilidade. Sabemos que o senhor avançou bastante, mas nós temos esses aqui que podem reforçar ainda mais Segurança pública do Estado do Maranhão. Também temos entendimento que há sim, como se fazer mais uma convocação e retomada daqueles que já estavam no curso e foram afastados por uma questão judicial”, afirmou.

“O dia que proporcionei mais orgulho para o meu pai foi o dia em que me formei soldado da Polícia Militar do Maranhão. Eu quero, irmãos, que esse sonho seja estendido a vocês”, disse o deputado.

Cabo Campos acompanha a luta dos candidatos pela convocação desde 2013 e promete ir até o fim em defesa da convocação dos excedentes.

“Nessa luta nós vamos até o final sem medo porque quando há união em um movimento a vitória vem! É isto que eu vejo aqui, essa união é o que nos dá forças para prosseguir lutando em favor desses guerreiros”, finalizou o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.