terça-feira, 25 de abril de 2017

Cabo Campos defende taxistas e diz que "a concorrência com Uber é desleal"


Cabo Campos em reunião com o presidente da Câmara Astro de ogum e a categoria

Uma comissão formada por taxistas esteve na manhã dessa terça-feira (25) na Câmara Municipal em protesto contra a atuação e uso do aplicativo Uber em São Luis. Acompanhados do deputado Cabo Campos (DEM) e da ex-vereadora Luciana Mendes, os manifestantes foram recebidos pelo presidente da Casa vereador Astro de Ogum (PR).

A reividicação da categoria é que o presidente publique e faça a promulgação da Lei de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes aprovada em 2015. A lei proíbe  a atuação e uso do aplicativo Uber em São Luis.



Segundo a ex-vereadora, o prefeito Edivaldo sancionou a Lei que agora deve ser publicada  pelo presidente da Câmara para que seja aplicada no âmbito municipal  "Esse projeto já voltou como Lei para esssa Casa e aguarda a promulgação do presidente Astro que já sinalizou em favor dos taxistas", explicou.



"Não somos contra a pluralidade dos serviços sabemos dessa importância. Mas nossos taxistas pagam: placas de taxi, taxímetros, selo, Inmetro, vários impostos e é uma disparidade se a gente for comparar é uma concorrência desleal. Nós queremos garantir os direitos daqueles que já estão há 10, 20, 30 anos lutando para o sustento de suas familias e esses são os taxisstas de São Luis e agora também os carrinhos lotação", justificou o deputado Cabo Campos.



Segundo o presidente Astro de Ogum a prestação de serviços do Uber deve ser suspenso, "A gente sempre atendeu as minorias com muito respeito, nessa Casa, o aplicativo deve ser suspenso até que a empresa se regularize", explicou.

Entenda o caso 

Ainda no exercicio do seu mandato a então vereadora Luciana Mendes teve aprovada pela Câmara Municipal de São Luis e sancionada pelo prefeito Edivaldo um projeto de Lei de sua autoria que proíbe atuação do aplicativo Uber. Sem mandato a ex-vereadora  apoia a causa dos taxistas e o deputado Cabo Campos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.