sexta-feira, 24 de março de 2017

Equipamento social da Prefeitura, Casa do Bairro recebe ações do Procon



A Casa do Bairro, equipamento social da Prefeitura, recebeu nesta sexta-feira (24), duas unidades móveis e uma equipe do Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon) para prestar atendimento à comunidade do Centro Histórico. Na ocasião, foram oferecidos serviços gratuitos de emissão de primeiras e segundas vias da Carteira de Identidade (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF), além da certidão negativa de antecedentes criminais.

Entregue pelo prefeito Edivaldo, a Casa do Bairro, localizada na Rua da Palma, 415, é um projeto pioneiro da Prefeitura de São Luís, criado para oferecer ações de atendimento social aos moradores do Centro, que são executadas com apoio e colaboração da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) e das Secretarias Municipais da Criança e Assistência Social (Semcas), de Saúde (Semus) e Segurança com Cidadania (Semusc) e conta ainda com a participação da união de moradores.

O presidente da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), Aquiles Andrade, fala sobre o trabalho. "A Casa do Bairro é um equipamento em que a comunidade do Centro Histórico se reconhece e as atividades realizadas permitem a participação dos moradores do bairro no processo de revitalização da área. É uma satisfação muito grande ver que a Casa do Bairro de fato está sendo um instrumento tão importante de aproximação das ações públicas com a comunidade e também um ponto de encontro para mobilização por parte dos próprios moradores, que estão despertando para o sentimento de pertencimento do bairro em que vivem", disse.

Uma das diretoras técnicas da Casa do Bairro, Eliane Santos, contou que é a primeira vez que a ação chegou ao equipamento. "Grande parte do atendimento praticado aqui demanda que o público apresente documentos de identidade e observamos que uma parcela significativa dos moradores não tinham o documento. Por isso, pedimos o serviço", explicou.

João Batista Costa, 60 anos, é gráfico e trabalha na região. Não é a primeira vez que usufruí das oportunidades de atendimento oferecidas. "Hoje estou aqui para renovar minha carteira de identidade, que está muito desgastada. Mas em outras vezes já utilizei os serviços médicos oferecidos na Casa para verificar pressão e glicemia", disse.

Maria da Assunção Reis, 48 anos, é doméstica e encontrava-se sem documentos. "Gostaria de pedir o aluguel social, mas não tenho documentos. Quero aprender a ler, buscar o que é bom para mim, tenho de ser reconhecida na sociedade e lutar por meus direitos como cidadã", contou. Os documentos serão entregues no prazo de cinco dias úteis.

ATENDIMENTO


O serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Semcas atende crianças, adolescentes e idosos sendo crianças de 3 a 9 anos às segundas e quintas-feiras; e turmas de 10 a 15 anos de terças a quintas. Às terças-feiras, há atendimento de assistência social e psicologia e a cada 15 dias, às quartas-feiras, é oferecido serviço de vacinação, atendimento médico com clínico e pediatra, além de entrega de medicamentos e encaminhamentos a outros especialistas. A sexta-feira é dia de cuidar de moradores que precisam de atendimento à saúde mental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.