quinta-feira, 30 de março de 2017

Diretores do Sinporesemma reúnem com prefeito de Marajá do Sena



O prefeito se compormeteu em fazer um levantamento da folha de pagamento que deve ser passada para a comissão que vai acompanhar todo o precesso com o objetivo de buscar a melhor solução para a categoria. A intençao é fazer um estudo técnico para saber a real condição financeira da Educação do município.

Segundo a vice-presidente do Sinporesemma, professora Benedita Costa, "o objetivo do sindicato é buscar o entendimento, e tentar resolver o problema dos professores da Educação, "a vinda do prefeito aqui, demonstra que ele quer reslover o problema de forma coletiva e o Sinporesemma estará sempre aberto ao diálogo buscando o melhor pra categoria. Depois da recomposição da salarial da categoria e a questão das remoções, o importante é resolver a situação dos alunos", pontuou.








A diretoria do Sinporesemma (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão) recebeu na tarde desta quarta-feira (29) na sede do sindicato, o prefeito Lindomar do município de Marajá do Sena. O objetivo do encontro foi buscar uma solução para alguns conflitos que estão acontecendo na gestão da secretaria de Educação em relação em aos educadores do município, como: saúde, recomposição salarial, e remoção dos professores e trabalhadores da Educação.




Durante a reunião com a diretoria geral do Sinporesemma, ficou instituida uma comissão do núcleo Sinporesemma de Marajá do Sena que irá vai além de outros problemas, acompanhar a questão das remoções e a recomposição salarial.

Participaram do encontro além do prefeito Lindomar Araújo, o secretário de Educação Janser Muller e demais membros da equipe de governo do município; a professora Cléa e demais diretores do núcleo Sinporesemma de Marajá do Sena; a vice-presidente do Sinporesemma, Benedita Costa e os diretores Raimundo Oliveira; Janice Nery; e o professor Brúcio, além do fundador do núcleo Sinporesemma no município de Marajá do Sena, vereador Inaldo.

Para o diretor de Parimônio do Sinporesemma, professor Raimundo Oliveira, a situação não é fácil mas o sindicato vai acompanhar todo o precesso até o final para que a categoria não fique no prejuízo, "Estamos aqui buscando um entendimento, sabemos que não é fácil. Mas acreditamos que um município que não cuida bem da Educação não avança. Então foi instituida uma comissão que vai acompanhar o levantamento que será feito pela prefeitura para que seja resolvido a questão salarial e a situação das remoções", observou Oliveira. 

Segundo o prefeito do município de Marajá do Sena o objetivo da reunião na sede do sindicato foi ajudar a Educação municipal e buscar uma solução para a problemática entre prefeitura e educadores, da melhor forma possível, "Estamos aqui querendo aliar ambas as partes em prol de uma educação melhor, a população cobra uma resposta e quem tem que dar essa resposta somos nós, prefeito e sindicato. então nós estamos aqui, pra ajudar a educação da melhor forma possível", afirmou.

Segundo o secretário de Educação do município, Janser Muller o problema encontrado na rede municipal é grave, e o momento é de diálogo em prol do município, "è importante que haja um acordo entre ambas as partes para que a Educação que está tão conturbada pra não dizer grave em nossa cidade, possa andar", observou.

Na opinião da diretora do núcleo do Sinporesemma em Marajá do Sena, professora Cléa, se o que foi acordado com a diretoria do Sinproesemma na reunião, for cumprido, a categoria terá um bom resultado no município, "Se tudo ocorrer como foi dito na reunião aqui na sede do sindicato, eu acredito que temos um bom resultado, porque é isso que a categoria espera, pra isso que nós viemos aqui", pontuou a professora.


Fonte: Sinporesemma

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.