quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Aumento de 8% da Campanha de 2017 também beneficia os aposentados
Além de garantir a recomposição salarial de 8% aos educadores da rede estadual, a luta do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) também assegurou a recomposição aos educadores aposentados. A conquista, que automaticamente já está assegurada com a Gam, que beneficia também os aposentados, também está reforçada no ofício n° 208/2017, assinado pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, no qual detalha a proposta de reajuste salarial para o todo o magistério.
“Esses valores beneficiam, além de efetivos e contratados, todos os aposentados e pensionistas e a aplicação será efetivada por meio de medida provisória com efeitos jurídicos imediatos”, garante o documento assinado por Camarão.
Para a secretária de Aposentados do Sinproesemma, Eunice Brussio, a valorização dos aposentados é um reconhecimento da grande contribuição dada pelos ex-professores ao longo de anos nas salas de aula, enfrentando todas as dificuldades da carreira e da desvalorização salarial, que foi uma marca das gestões anteriores, ligadas ao grupo Sarney.
“Por isso, o Sinproesemma jamais permitiria deixar os aposentados de fora das negociações em nenhuma hipótese. O reajuste é para todos”, afirma a dirigente, que participa da mesa de negociação com o governo do Estado.

Boatos terroristas
Eunice chama atenção dos aposentados para questionar as mentiras divulgadas em grupos de whatsapp, na internet, em blogs e nas emissoras ligadas ao grupo Sarney. Recomenda que a categoria procure as informações verdadeiras, que estão disponíveis nos veículos de comunicação do Sinproesemma, no site, no facebook, no grupo de Educadores do Whatsapp, no programa Educação é Notícia da rádio Educadora e no D’Classe.
“Queremos esclarecer aos aposentados que fiquem tranquilos e não acreditem em oportunistas, afinal essas pessoas querem a qualquer custo se apropriar do Sindicato e, para isso, tentam causar terror com essas informações mentirosas. Eles não queriam nenhum aumento pra continuarem fazendo a politicagem rasteira. Mas o reajuste aconteceu e agora tentam confundir os educadores”, explica a diretora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.