segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Cabo Campos volta debater Política Pública Sobre Drogas em Audiência Pública na Fiema

Cabo Campos


"O combate  às Drogas deve ser tratado como uma questão social, de saúde pública e,  com intensa participação de todos: governo, comunidades terapêuticas, família, da escola,  Igreja e da sociedade civil", justifica o deputado  Cabo Campos. Com esse objetivo o deputado tem realizado Audiências Públicas para discutir  o tema. O próximo debate das Políticas Sobre Drogas acontece novamente em Audiência Pública, desta vez na Federação das Indústrias do Estado do Maranhão - FIEMA no próximo dia (03), de janeiro às 9h da manhã.

A Audiência Pública das Políticas Sobre Drogas, além de discutir o combate, prevenção e tratamento de pessoas dependentes  químicas visa debater sobre legislação e inserção  dos dependentes de acordo com as políticas públicas sobre Drogas vigentes nos âmbitos municipal estadual.

 O ponto alto da Audiência será um resgate histórico das políticas sobre Drogas no Maranhão desde a década de 1950, a partir da chegada dos Alcoólicos Anônimos (AA) ao Maranhão.

Durante o evento o deputado Cabo Campos será homenageado juntamente com demais pessoas, entidades e seus representantes que militam na causa e que têm relevantes serviços prestados à sociedade no combate e prevenção às Drogas, e no cuidado e reinserção dos dependentes químicos. A homenagem será feita pela  Rede Maranhense de Diálogos Sobre Drogas – REMADD, com o  PRÊMIO REMADD 2016.


Atualizado às por ascom às 16h
A REMADD vem propor que seja aplicada a título de urgência a implementação das políticas públicas sobre drogas estadual de acordo com Lei Federal nº 11.343, de 23 de agosto de 2006 e assim poderemos avançar em conjunto. Esse prêmio tem por finalidade reunir os atores sociais que hoje realizam ações nessa política pública e estamos contando com o deputado Cabo Campos que tem nos auxiliado desde o início de nossa criação, para que se oficialize o Conselho Estadual e possamos interagir de modo legítimo com representatividade” concluiu Erisson Sousa, presidente da REMADD.



Já durante a tarde será realizado o Primeiro Seminário para Profissionais do Alcoólicos Anônimos do Maranhão (AA) em comemoração aos 60 anos da entidade no Estado e terá como palestrantes Hamilton Raposo psiquiatra, Jaira Freixiela Adamczyk, custódia não alcóolica e presidente da junta de Serviços Gerais de A A no Brasil, drª Helena Duallibe, médica e secretária de saúde do município de São Luís e drª Selma Muniz Marques, doutora em políticas públicas pela UFMA.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.