quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Filme 'Muleque Té Doido 2' tem participação de vereador de São Luís



O novo filme ‘Muleque Té Doido 2’ - A Lenda de Dom Sebastião, traz um extenso elenco e algumas participações especiais. O remake da franquia que entrou em cartazes nos cinemas do Estado, no último dia 10, contou com uma rápida aparição do vereador Antônio Lisboa, o professor Lisboa (PCdoB), astro acostumado a brilhar dentro e fora do cenário politico de São Luís.

O longa-metragem maranhense é uma comédia que reflete sobre personagens genuinamente ludovicenses de hábitos simples e humildes, tendo como pano de fundo a capital maranhense, que foi transformada em um cenário perfeito para o desenrolar de uma história cativante e cheia de alegria.

O parlamentar faz o papel de um personagem que ajuda os guardiões a encontrar o segundo de três cristais, que somado a um terceiro, podem ajudar a salvar São Luís de um desastre encantado de proporção descomunal que poderia levar a Ilha para o fundo do mar, provocando seu completo desaparecimento.

— Eu não tenho experiência nesse campo de ator, mas, foi uma delícia fazer o filme. Aqui, abraço o amigo Erlanes Duarte, em nome de todo o elenco e equipe de produção. Vale à pena conferir! — diz professor Lisboa, em comentários em um de seus perfis nas redes sociais.

Muleque té doido 2! É sem dúvidas, um projeto audacioso e único na área do entretenimento local. Com cenas hilárias e situações extremamente irreverentes, a narrativa leva os protagonistas a um final surpreendente.

O filme, com classificação indicativa de 10 anos, é estrelado por Nikima Krakelê, Júnior André, Marcos Santos, Renata Gomes, Ricardo Santos, Fábio Lima, Mariana Vieira e Erlanes Duarte - este último assina, ainda, o roteiro e a direção geral do longa.


HOMENAGEM NA CÂMARA

Em outubro de 2014, através de uma proposição de autoria do próprio vereador Prof. Lisboa (PCdoB), a Câmara Municipal de São Luís realizou uma sessão solene para homenagear a equipe técnica do filme maranhense “Muleque té doido!”, que em sua primeira versão, estreou em 26 de junho daquele ano, batendo todos os recordes de bilheteria de todos os tempos do cinema maranhense, com um público de mais de 14 mil espectadores. Na ocasião, também foram entregues placas de homenagem ao ator, diretor e roteirista do filme, Erlanes Duarte, e à diretora de produção, Diana Lima, que representou os demais integrantes da equipe técnica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.