quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Iluminação pública chega à zona rural


Antes às escuras, a zona rural de São Luís foi uma das regiões da cidade beneficiadas com novos pontos de iluminação nos últimos três anos. Dois mil novos pontos de luz foram instalados na região e outros 13 mil passaram por melhorias de eficiência. O serviço é executado por meio do projeto de expansão e modernização do sistema de iluminação pública, executado pela Prefeitura de São Luís.

Quebra-Pote, Piçarreira, Coquilho, Rio Prata, Vila Guará, Vila Romário, Maracujá, Inhaúma, Igarau, Estiva, Mata de Itapera, Monte Sinai, Vila Tinair, Vila Itamar, Vila Maranhão, Vila Nova República, Rio Grande e Vila Samara são algumas das comunidades da zona rural já contempladas com o serviço.



Na Vila Romário, por exemplo, foram implantados 45 novos pontos de iluminação; na comunidade Monte Sinai, foram 56. Além de tornar as ruas mais seguras e agradáveis, a nova iluminação contribui para facilitar o acesso aos bairros próximos e influencia positivamente na segurança da região.

EXPANSÃO

De modo geral, em toda a cidade foram implantados 10 mil novos pontos de iluminação. Outros 43 mil foram modernizados, com a substituição da luz amarela pelas lâmpadas do tipo vapor metálico, de cor branca, mais intensas e econômicas.

Os principais corredores urbanos de São Luís passaram a contar também com uma nova tecnologia: as lâmpadas de LED, mais intensas, econômicas e de maior alcance que as utilizadas anteriormente. Atualmente, a tecnologia está presente em 50km de corredores urbanos em São Luís – em avenidas como Guajajaras, Libaneses (Tirirical), Jerônimo de Albuquerque, Colares Moreira e Holandeses, Marechal Castelo Branco (São Francisco), Carlos Cunha e no estacionamento da Praia Grande, Tupinambá (Ponta d'Areia), Euclides Figueiredo (Calhau), Colares Moreira (Renascença), Jerônimo de Albuquerque, Holandeses, Ana Jansen e Castelo Branco (São Francisco), Odylo Costa, filho (Anjo da Guarda), Guajajaras, São Cristóvão, Libanes (Tirirical), Daniel de La Touche (Cohama) e Litorânea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.