segunda-feira, 25 de julho de 2016

Reunião redefine plano de ação para obras na MA-201






Representantes da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Companhia de Saneamento Ambiental (Caema), Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Secretaria Municipal de Obras e Serviços (SEMOSP), Polícia Rodoviária Estadual e Agência de Mobilidade Urbana (MOB) estiveram reunidos no fim da tarde desta segunda-feira (25), para redefinir um plano de ação articulado para diminuir os transtornos na realização das obras de drenagem profunda na MA-201, nas proximidades do Rio Paciência.

A princípio a Secretaria Adjunta de Obras Rodoviárias (SEAOR), responsável pela obra, havia definido uma interdição em um dos sentidos da rodovia. Entretanto, após debater novamente com os órgãos e avaliar a intervenção, ficou definida a requalificação das vias alternativas antes do início das obras na MA-201, de modo a evitar transtornos para quem precisa trafegar na região. Após a completa requalificação das vias alternativas é que será feita a intervenção na principal rodovia de acesso a São José Ribamar.

De acordo com o Secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto a solução encontrada vai garantir que a obra na Forquilha avance ajudando sensivelmente na melhoria do tráfego na região metropolitana de São Luís. “Quando estiver pronta, até o fim do ano, não tenho dúvida, a população vai perceber, mesmo com alguns transtornos que eventualmente possam acontecer, o quanto vai ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas que precisam trafegar pela região da Forquilha”, enfatizou Clayton Noleto.

A obra

Os serviços de intervenção na geometria da Forquilha foram iniciados há trinta dias. O investimento de R$ 8 milhões prevê modificações que trarão benefícios para os moradores de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa. A rotatória da Forquilha passará a ser um cruzamento que vai facilitar o trânsito de quem segue em direção a São José de Ribamar. Terá passagem livre também quem estiver em São José de Ribamar em direção ao Centro de São Luís, e quem estiver no Centro da capital terá acesso livre no sentido Cohatrac.

Essa é uma intervenção prévia para resolver o problema de tráfego existente no local. O governo pretende construir um elevado para solucionar, de vez, os problemas de engarrafamentos e saturação do trânsito no corredor que dá acesso aos municípios da região metropolitana de São Luís.

Os trabalhos estão sendo realizados setorialmente. Neste momento, a equipe está executando os serviços de drenagem em ruas paralelas que interligam as MAs 201 e 202. Após a drenagem serão iniciados os serviços de pavimentação. Além da modificação na rotatória da Forquilha, será construído um retorno na Avenida Guajajaras e serão feitas alterações na rotatória da inserção da Maioba, chamada Forquilhinha. No pacote de serviços estão incluídas a implantação de drenagem superficial e profunda e novo revestimento asfáltico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.