quinta-feira, 19 de maio de 2016

São Luis sedia I Fórum Metropolitano de Políticas Sobre Drogas

O evento teve por objetivo reunir experiências de sucesso, para planejar ações de fortalecimento das Políticas Sobre Drogas no Estado.

Deputado Cabo Campos (DEM), fez questão de interagir com os alunos de artes marcial

São Luis sediou na manhã desta-quinta-feira (19), o I Fórum Metropolitano de Políticas Sobre Drogas no estado. Uma iniciativa inédita que tem o objetivo de expandir a rede de prevenção, saúde, assistência social, geração oportunidades, reinserção social e econômica dos usuários de drogas, inicialmente nos municípios participantes: São Luis, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e Alcântara.



As atividades tiveram início às 08h30 da manhã, no auditório Neiva Moreira Assembleia Legislativa e se estenderão por todo o dia, com palestras e apresentações sobre o tema, para às autoridades presentes a questão é de grande preocupação em todo Maranhão. Dentre as atividades, as crianças fizeram exibições de lutas marciais e demonstração de aula de Surf, foram algumas das atrações. 


Segundo Erisson Souza, coordenador da Rede Maranhense de Diálogos Sobre Drogas (REMADD), “o Fórum teve por objetivo levar informações sobre a importância das políticas públicas sobre drogas para o estado e municípios, para um alinhamento entre os segmentos sociais que atuam na prevenção, e combate às drogas e as autoridades”, ele informou ainda que um documento: programa de financiamento através do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (FUMACOP ), de autoria de advogado Arnaldo Colaço foi formulado pelos grupos de trabalhos presentes no evento, para que com o apoio do deputado Cabo Campos (DEM), chegue até o Governo do Estado, para ser transformado em Lei Estadual de Combate às Drogas.

Para o ex-deputado federal Domingos Dutra (PC do B), presente ao evento, "A questão das drogas é um epidemia mundial e todo esforço para combatê-la, merece o apoio de todos". Dutra também lembrou que este é um problema de saúde em Paço do Lumiar e merece toda atenção, "Paço do Lumiar assim como todos os municípios do Brasil sofre com o problema das drogas, por ser uma questão de saúde pública merece uma atenção especial por parte do gestor público", finalizou.


"Este é um assunto que precisa ser discutido vinte e quatro horas por dia,  destaco também a importância da religiosidade, por isso temos hoje aqui representantes católicos, evangélicos, afrodescendentes e de outros seguimentos, apoiando as famílias e unindo forças, com as instituições no sentido da prevenção, o problema pode ser amenizado, não a curto prazo sabemos, mas, à longo prazo vamos vencer essa guerra", disse o deputado Cabo Campos (DEM).

O Fórum contou com a representante da Confederação Nacional dos Municípios CNM do Projeto REINSERIR, Rosângela da Silva responsável pela pasta falou do projeto que coordena. “O projeto tem como objetivo fomentar o trabalho integrado das redes de educação, saúde e assistência social em conjunto com a sociedade civil para gerar oportunidades de reinserção social e econômica dos usuários de drogas”, explicou.

Cabo Campos (DEM), ao lado de Erisson souza

O evento contou ainda com a presença de representantes do Governo do Estado e dos municípios, além das Comunidades Terapêuticas e de Saúde Mental, Instituições de Prevenção e Combate às Drogas, igrejas católicas, evangélicas e demais seguimentos da sociedade civil organizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.