terça-feira, 3 de maio de 2016

Cabo Campos cobra cumprimento pelo governo de acordo que garante promoções dos praças da Polícia Militar


Aqueles que entraram no CBPM, de cerca de cem, setenta foram embora,  apenas 30% estão na corporação porque buscaram outras áreas ou porque buscaram outras alternativas"


O deputado Cabo Campos, voltou a cobrar da tribuna na Assembléia o cumprimento pelo Governo do Estado de um acordo assinado ano passado que trata Lei de organização  básica da PM e sua reestruturação, que dispõe sobre a ascensão profissional no quadro de oficiais administrativos que vai até a patente de capitão, segundo o cordo o PM  poderia ascender até a patente de coronel.

“Nós temos duas formas de entrada na corporação: um como soldado e outra como oficial. Soldado faz o Curso de Formação de Soldado e Oficiais fazem o Curso de Formação de Oficiais", explicou o deputado.

 Aqueles que entraram no CBPM, de cerca de cem, setenta foram embora,  apenas 30% estão na corporação porque buscaram outras áreas ou porque buscaram outras alternativas o que nós estamos pedindo são 84 vagas pra major com respeito ao interstício que as praças precisam mas infelizmente o governo pediu vistas da matéria o que prejudica o andamento da aprovação", conta.

Segundo o deputado, ele mesmo é um exemplo de quanto sofre os PMs com o modelo em vigência para casos de promoções, "sofri muito com isso, visto que passei 22 anos na corporação cheguei somente a patente de Cabo, coisa que levou muitas pessoas apontar o dedo: “Ou ele é incompetente, ou não tem capacidade intelectual, mas o fato é  muito pelo contrário, das prisões que levei foi pela luta da categoria”, lembrou o deputado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.