quarta-feira, 27 de abril de 2016

Quarta Cultural: Campos surpreende com recitação de literatura de cordel



Campos com o grupo Madrilenus
 Um gênero musical tão enraizado em terras tupiniquins, é curioso que o samba tenha sido registrado há apenas cem anos. Esse gênero musical que chacoalha novos e velhos, ricos e pobres e ultrapassa fronteiras classistas, curiosamente foi registrado apenas em 1916, e o pioneiro foi Ernesto dos Santos, o Donga, que documentou para sempre o seu nome na história e a sua música como o primeiro samba na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.

Recitação de literatura de cordel



No Maranhão em comemoração a essa data tão importante, o Projeto Quarta Cultural da Assembleia Legislativa do Estado celebrou na última quarta (26), os cem anos de samba no Brasil com os meninos do grupo de samba Madrilenus. Mas, quem roubou a cena no evento foi o deputado Cabo Campos (DEM), que surpreendeu ao apresentar literatura de cordel e foi o grande destaque da Quarta Cultural.


O projeto Quarta Cultural acontece no auditório do Complexo de Comunicação, na Assembleia Legislativa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.