sábado, 23 de abril de 2016

Governo lamenta morte de jornalista

Por meio de nota de pesar o governo Flávio  Dino lamentou a morte do jornalista Jacir da Silva Moraes, acontecida na noite da última sexta-feira, dia 22. O jornalista morreu aos 70 anos a caminho do hospital após passar mal em casa. Com a saúde debilitada ele sofria de complicações provocadas por diabetes e hipertensão.  Jacir teve uma carreira de sucesso, exerceu muitas funções em diversos veículos, tanto impresso como de radiodifusão, na Rádio Timbira atuou por 26 anos,  na mídia impressa foi editor do Diário Oficial do Estado, passou pelos jornais Tribuna do Maranhão e Diário do Povo, foi fundador do jornal O Debate, e também foi presidente da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABIGRAF-MA).

Confira alguns trechos da nota de pesar do Governo.

"Indiscutivelmente, é grande a relevância e a contribuição do jornalista Jacir Moraes para a imprensa maranhense".

Além de solidarizar-se com amigos e familiares o governo destacou o "dinamismo, irreverência e humor inteligente", do grande profissional que foi Jacir.

"Neste momento de dor, o Governo do Maranhão manifesta pêsames e deseja que a família possa ser confortada com a graça de Deus", destacou a nota.

Jacir da Silva Moraes era natural de Carutapera município do interior do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.