sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Produtora de etanol apela ao governo para evitar demissão em massa no interior do estado

O secretário adjunto da SETRES recebeu em seu gabinete a visita de representantes da  empresa Itapecuru Bioenergia que buscam apoio do governo para concessão de crédito junto ao Banco do Nordeste.

Secretário Adjunto Júlio Guterres com representantes da Itapecuru Bioenergia
Os representantes da empresa de produção de etanol Itapecuru Bioenergia foram recebidos na pelo Secretario Adjunto da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária Júlio Guterres na quinta-feira (22). O objetivo da reunião foi buscar uma solução junto ao governo para superar as dificuldades enfrentadas pela Companhia decorrentes da seca do ano passado, que causou inúmeros prejuízos como, desaceleração das atividades e atraso de pagamento dos funcionários.

A (Itapecuru Bioenergia), quer apoio do governo junto ao Banco do Nordeste que avaliou em (D), o risco de investimento na empresa numa escala que vai de "A até H", para novas operações de crédito a nota mínima deve ser (B). Atualmente a TG Agro Industrial Ltda (Itapecuru Bioenergia), garante 1,5 mil vagas de trabalho direto, e 4,5 mil indiretamente mas, o destino dos funcionários é incerto caso não haja uma reavaliação da nota de risco pelo Banco.

Segundo o secretário adjunto Júlio Guterres, o governo tem total interesse na manutenção e preservação dos empregados, "O pleito será encaminhado ao governador que acredito, fará a devida avaliação da atual situação da empresa, porque o governo tem interesse principalmente na manutenção dos empregados e o objetivo da atual gestão é o fortalecimento das empresas geradores de emprego e renda no estado", afirmou.

Participaram a reunião os representantes da Itapecuru Bioenergia Vander Gonçalves, Celso Quintella, e o colaborador Francisco Soares.TG Agro Industrial Ltda. (Itapecuru Bioenergia) é uma agroindústria do seguimento bioenergético, com produção de etanol anidro e hidratado, instalada no na Cidade de Aldeias Altas MA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.