quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Duarte Júnior discute preço de combustível no Itaqui-Bacanga

Presidente do Procon/MA Duarte Júnior ao lado de Júlio Pinheiro, liderança da região

O presidente do Procon/MA Duarte Júnior esteve na área Itaqui-Bacanga na noite de ontem (12), para uma reunião com lideranças e moradores da região. O encontro aconteceu na ACIB-Anjo da Guarda e teve o objetivo de discutir o valor, segundo os moradores, "abusivo", cobrado pelos cinco postos, localizados na área que abrange o Anjo da Guarda à Vila Dom Luis.



A iniciativa do encontro partiu da própria comunidade insatisfeita com a variação dos preços sempre acima do praticado nos demais postos da capital. O desrespeito ao direito do consumidor é grande, além do combustível  o valor do gás na região também é abusivo e está acima do valor normalmente cobrado nos demais bairros, conta a moradora Marcelina Lindoso, "Não só o combustível aqui que é mais caro, como também o gás, isso é inaceitável, afinal, é da área Itaqui-Bacanga que tudo isso saí, então, não poderia ser mais caro", reclamou.

Duarte Júnior lideranças durante a reunião
Segundo o presidente Duarte Júnior, o Procon/MA vai identificar as demandas e se necessário uma ação cível será realizada para evitar as possíveis práticas abusivas, "Precisamos colher os documentos e com base nas informações dos moradores,  e vamos entrar com as medidas para a redução dos valores e buscar equilibrar a relação de consumo, como fizemos no início do ano passado quando ingressamos com uma ação civil pública, nos 240 postos de combustíveis de São Luis, inclusive aqui na região, esperamos com esta reunião dar uma resposta ainda mais rápida para a população", finalizou.

Sempre atento ao que acontece na região, o professor Júlio Pinheiro, presidente do Sinproesemma  e morador do bairro Anjo da Guarda, deu a sua contribuição para o debate, "A presença  do Duarte Júnior é extremamente importante para evitar os abusos, esperamos um retorno em breve sobre todas às questões aqui apresentadas, a solução tem de ser a comunidade fiscalizando e passando ao poder público para que de fato a fiscalização ocorra", disse.

Atualmente o valor do litro de gasolina em são Luis é de R$ R$ 3,275. Mas no Itaqui-Bacanga esse valor sobe para até R$ 3,80. Segundo o presidente do Procon, um levantamento será feito para apurar quais os postos que estão cobrando acima desse valor e se há uma coincidência dos valores, caso seja confirmado, os donos de postos devem ser notificados e responderão pelo crime de formação de cartel na região Itaqui-Bacanga.

Estiveram presentes no encontro as demais lideranças, Raul Wagner; diretor do Hospital Aquiles Lisboa; Paeta; Marcelina Lindoso; Moisiléia; Marciel Gomes presidente da Acib; Elisângela Cardoso diretora da Funac; Josuel; Jesus Fernandes; George Pereira diretor da Caema na região e demais lideranças além de moradores de vários bairros.


  







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.