segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Arrumando a casa, Dino avalia ações, anuncia reforma e corta gastos



O governador Flávio Dino reuniu a imprensa nesta segunda-feira (18) para divulgar avaliação do primeiro ano de gestão, anúnciou obras, reformas administrativas, cortes de R$ 100 milhões em contratos e contingenciamento de 30% dos custeios. Flávio Dino quer reduzir despesas e dar agilidade no cumprimento das metas do Programa de Governo.

Dino ainda anunciou, a ampliação das obras de recuperação de vias com o Programa ‘Mais Asfalto’, a recuperação de rodovias estaduais e a expansão de estradas, como a ligação entre Buriti Bravo e Caxias, a ligação entre São João dos Patos e Passagem Franca; a Ponte Central-Bequimão, a construção de uma MA que vai ligar 13 municípios do Litoral Ocidental, além da Estrada de Barra do Corda a São Raimundo do Doca Bezerra.

Economia e organização da política fiscal

Desoneração para o empresariado local e redução de gastos que deve chegar na ordem de R$ 100 milhões em cortes e contratos de terceirização e prestações de serviços. Além disso, haverá o contingenciamento em 30% do orçamento do custeio do Estado.

Reforma Administrativa

A economia começa com a fusão de secretarias: A Secretaria de Cultura com a de Turismo, tendo como titular Diego Galdino. O atual Secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry será o titular da Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos. Já o atual secretário de Agricultura, Márcio Honaiser, passará a ser titular da Secretaria de Agricultura e Pesca.

O governador anunciou ainda a criação da Secretaria de Governo, que terá como titular o atual secretário de Cultura, Felipe Camarão. A nova pasta ficará responsável pelo monitoramento das metas governamentais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.