segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Em noite de gala, personalidades são homenageadas com medalha Simão Estácio da Silveira



O auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) - ficou pequeno na noite da última quarta-feira (16), para acomodar homenageados, familiares e convidados, durante a outorga da medalha “Simão Estácio da Silveira”, em evento que já se transformou em tradição na cidade e é realizado anualmente no mês de dezembro, quando o Legislativo da capital rende suas homenagens àqueles que se destacam nas mais diversificadas áreas de atuação.

Cada um dos 31 vereadores tem a prerrogativa de apontar três personalidades para receberem a comenda. “Essa medalha é o nosso Oscar, porque reconhece o trabalho de cada um dos senhores homenageados”, disse o presidente da Câmara, vereador Astro de Ogum, em meio ao evento.

Este ano, dentre os homenageados, constaram o deputado federal Rubens Pereira Júnior, os estaduais Sérgio Frota e Stênio Rezende, os secretários de Cultura e de Educação do Estado, Felipe Camarão e Áurea Prazeres, respectivamente, médicos, advogados, engenheiros, militares de todas as patentes, empresários, professores, lideranças comunitárias e lideranças religiosas de todos os credos, como o pai de santo Joãozinho da Vila Nova, padre Sérgio e vários pastores.


Bem como o presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor, Duarte Júnior; o Secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco e a Secretária da Juventude, Tatiana Ferreira. Gestores da Prefeitura de São Luís também foram condecorados com a medalha Simão Estácio da Silveira, entre eles a secretária de Segurança Alimentar, Fátima Ribeiro; o Chefe da Controladoria Geral do Município, Délcio Rodrigues, e o subprefeito do centro Histórico, Fábio Carvalho.

Duarte Júnior, presidente do PROCON foi prestigiado com a outorga da comenda pela Câmara Municipal de São Luís, por indicação do vereador Armando Costa (PSDC). Ele gradeceu pelo reconhecimento e falou da satisfação de receber a homenagem da Casa.

“Fico muito feliz e orgulhoso por esse reconhecimento, tenho certeza de que isso é fruto do trabalho que toda equipe do PROCON Maranhão tem realizado, graças a esse trabalho em conjunto nós temos conseguido mudar a realidade da população”, enfatizou Duarte Júnior que este ano recebeu o Título de Cidadão Ludovicense que também foi concedido pela Câmara, por solicitação do vereador Osmar Filho (PDT).

Discursando em nome dos demais colegas vereadores, Ricardo Diniz (PHS) destacou a importância da “Simão Estácio da Silveira, que, além de reconhecer o trabalho dos homenageados, remete à figura do personagem que dá nome à comenda, fundador da Câmara Municipal da cidade, em 1619. “É preciso que se conheça a história desse brilhante homem, Simão Estácio da Silveira, que fundou a primeira Câmara dessa região”. Ele lembrou também o tormentoso momento vivido pela classe política e destacou que ser vereador é uma grande responsabilidade.

Quem se pronunciou em nome de todos os homenageados foi a ex-superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN), Kátia Bogéa, que elencou seu trabalho à frente do órgão, se disse orgulhosa pela distinção recebida pela Câmara Municipal, afirmando que agora tem mais carinho pela cidade.

“Foi um momento emocionante, gratificante. Como se fosse um sonho. Cresci sem pai nem mãe, fui adotado por Deus e quando acordei, estava aqui”, disse o presidente da Câmara, Astro de Ogum, ao final do evento e lembrou uma frase do lendário guerrilheiro argentino Che Guevara, um dos líderes da Revolução Cubana: “Os mais fortes podem matar uma rosa mais não podem evitar a primavera”, finalizou.

O atual secretário municipal de Comunicação, o ex-vereador Batista Matos (PCdoB) que ano passado teve a oportunidade de agraciar com a comenda algumas personalidades, este ano participou do evento representando o prefeito Edivaldo Holanda. Ele compôs a mesa oficial da solenidade presidida pelo vereador Astro do Ogum (PR), com a participação dos vereadores Pavão Filho (PDT), Marlon Garcia (PT do B), Ricardo Diniz (PHS) e Professor Lisboa (PCdoB); do presidente da Fiema, Edilson Baldez, e da ex-presidente do Iphan, Kátia Bogéa, representando todos os homenageados.

COMO SURGIU?

A medalha Simão Estácio da Silveira foi regulamentada por projeto de resolução do vereador José Joaquim, aprovado em 1996, e se destina a agraciar personalidades nacionais e estrangeiras com reconhecido mérito e relevantes serviços prestados à cidade de São Luís. Simão Estácio da Silveira foi o primeiro presidente da Câmara Municipal de São Luís, instalada em 9 de dezembro de 1619. Cada um dos 31 vereadores do legislativo municipal pode propor até três medalhas do mérito legislativo por projeto de decreto legislativo, após discussão e aprovação do plenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.