segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Livro sobre a Câmara Municipal de São Luis é destacado por Flávio Dino

(Fotos do repórter fotográfico Handson Chagas.)

“A história é um patrimônio inegociável, essencial, fundamental e imprescindível para que possamos viver dias melhores, com mais direitos, com mais progresso e mais justiça. A memória faz parte da atualidade, porque sempre estamos aprendendo com o passado. Esse elo é inquebrantável. Essas duas obras são de fundamental importância, para que possamos encontrar caminhos para o futuro”.

Estas foram as palavras do governador Flávio Dino ao destacar, na tarde desta quinta-feira (21), o lançamento dos livros “Acórdãos da Câmara Municipal e São Luis – 1645-1649” e “Repertório de Documentos para a História da Escravidão do Maranhão”, cujo evento foi realizado no prédio da Faculdade de História da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), na Rua da Estrela – Praia Grande.

As obras foram lançadas pela Secretaria de Estado Cultura, com apoio financeiro da Fapema (Fundação de Amparo a Pesquisa no Estado do Maranhão), e são relevantes fontes de pesquisas de acordo com o historiador Ananias Alves Martins, um dos coordenadores da edição.

A Câmara Municipal foi representada no evento pela chefa de gabinete do presidente Astro de Ogum, Eliane Bezerra, que se manifestou extremamente emocionada com o livro que traz um retrato do Executivo Municipal daquele período.

“Chega a emocionar, participar de um momento tão importante como esse. A Câmara Municipal de São Luís, uma das mais antigas do País, instalada em 1619 por Simão Estácio da Silveira, carrega consigo uma grande tradição de lutas e histórias, parte delas retratadas nessa importante obra. A Secretaria de Cultura, o Arquivo Público e o governo Flávio Dino estão de parabéns pelo resgate dessa rica história do Maranhão. O Legislativo Municipal só tem a agradecer a essa iniciativa”, destacou Eliane Bezerra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.