quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Governo promove seminário para debater Proteção Social e Agricultura Familiar


Como parte da programação da Semana Mundial de Alimentação, que tem como objetivo mobilizar a sociedade para combater a insegurança alimentar e nutricional do Maranhão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), promoveu o “Seminário de Proteção Social e Agricultura Familiar: quebrando o ciclo da pobreza rural”. O evento foi realizado nesta quinta-feira (15), no auditório da Assembleia Legislativa do Maranhão, em parceria com o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

A secretária adjunta de Segurança Alimentar da Sedes, Lourvidia Caldas, disse que a semana, este ano, tem a missão de chamar atenção da sociedade para o papel desempenhado pela proteção social na erradicação da fome e da pobreza no Maranhão. A ação é articulada entre secretarias de Estado, Conselhos, prefeituras municipais e organizações que cooperam com a Política da Segurança Alimentar.

“Entre várias atividades simultâneas realizadas, este seminário promove a sensibilização dos ouvintes à necessidade de engajamento na luta contra a fome e a desnutrição no Maranhão, o que só é possível com o fortalecimento da agricultura familiar e promoção da segurança alimentar da população maranhense”, alertou Lourvidia Caldas.

Na palestra central do evento, a coordenadora Técnica do MDS, Carolina Martins, enfatizou a necessidade da garantia da alimentação adequada e saudável e esclareceu os critérios para a escolha de alimentos saudáveis. Ela chamou a atenção para o problema do sobrepeso e obesidade e sobre a importância da escolha de alimentos saudáveis.

“Enfatizamos a necessidade da qualificação da oferta e da demanda dos alimentos que chegam às entidades da rede socioassistencial e alertamos da necessidade de que esse tema seja divulgado e tome proporções que possibilitem a melhoria da segurança alimentar maranhense e brasileira”, informou Carolina Martins.

O seminário contou com exposição sobre “Política de desenvolvimento da agricultura familiar no Maranhão”, ministrada pelo superintendente da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), Zaidan Sayd e sobre “Operacionalização do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no Maranhão, apresentada pelo engenheiro agrônomo José Fahd; e “A importância da política de agroecologia para uma alimentação saudável e adequada”, com a palestrante Georgina Eurides de Carvalho, do IFMA.

Em um segundo painel, a palestrante Tânia Duarte, daAgência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA), falou sobre a importância da política da agroindústria para a Agricultura Familiar. O tema “Cooperativismo e o Associativismo como forma de fortalecer a produção e a agricultura familiar”, foi apresentado pelo gerente da unidade de Agronegócio doServiço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA), Walter Monteiro.

O presidente do Consea, Eurico Fernandes, ressaltou que é preciso fortalecer a segurança alimentar desde a produção dos alimentos até o consumo. “As discussões devem incluir a comercialização e o fortalecimento do cooperativismo e associativismo, além da qualidade dos produtos no âmbito da agroecologia, sempre em busca da garantia da alimentação saudável”.

Nesta sexta-feira (16), das 8h às 16h, a programação da semana inclui ações da Sedes sobre avaliação nutricional, distribuição de material educativo, exposição de produtos da agricultura familiar e degustação de comidas resultantes de receitas de amplo aproveitamento dos alimentos, como soluções inteligentes para produção e garantia da alimentação saudável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.