quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Walter Wanderley: "Não há participação de Facção ou de Gangue", sobre caso da garota ferida em escola

A aluna foi atingida porque se recusou dar o número do cel para os colegas
A turma que gosta de ver "o circo pegar fogo", mais uma vez foi desmascarada pelo delegado titular do 5ºDP do Anjo da Guarda. O caso aconteceu dia 18 deste mês, quando uma adolescente foi ferida por estilhaços de uma janela de vidro apedrejada por seus próprios colegas. 

Segundo o delegado tudo começou por que dois garotos pediram o número do celular de duas meninas, uma delas se recusou a dar o número, os colegas então saíram da sala de aula arremessaram pedras no vidro da janela da escola, o que acabou ferindo a jovem. 

Logo os interessados em plantar o caos nas escolas passaram a espalhar a foto da garota ensanguentada nas redes sociais dizendo que a escola estava sendo invadida por bandidos de uma facção criminosa. 

Pois, bem, segundo as declarações do Delegado Walter Wandeley, trata-se de colegas estudantes da mesma escola a UEB Edson Luis Lima Solto, localizada no bairro Gancharia Itaqui-Bacanga. 

De acordo com o delegado tudo foi um alarde desnecessário, "Foi um problema interno, não precisava esse alarde todo, nem suspender as aulas, conversei como pais dos garotos envolvidos e das meninas, eram todos colegas, a escola não estava sendo invadida por facção criminosa, nem gangues, eram colegas, o caso já foi esclarecido", disse o delegado.

É impressionante como em ano pré eleitoral aparecem os heróis eleitoreiros (que se utilizam de qualquer situação para aparecer), tudo vale pra ganhar um pouquinho de "fama", mesmo que isso custe disseminar o caos na cidade,  no intuito tão somente de espalhar o medo nas escolas e com isso jogar a população contra a administração municipal, e contra o secretário de Educação do município Geraldo Castro, o que é lamentável!

Pois como é de conhecimento de todos a Educação municipal tem tido dificuldades, sim, mas também muitos já foram os avanços. Mas o jogo político do ano pré eleitoral, não para! E os oportunistas não perdem tempo e criam fatos que não condizem com a realidade da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que já teve mais de 30 prédios escolares reformados, fez a entrega do Plano Municipal de Educação, entregue em tempo hábil na Câmara e aprovado, disponibilizou até agora 25 mil vagas nas escolas da rede, entregou de 15 mil livros didáticos para a Educação Infantil e mais de 200 mil para o Ensino Fundamental, além do lançamento da pedra fundamental da primeira creche em tempo integral de São Luis, com previsão de mais creches nos bairros com maior demanda. Avanços que só mesmo sendo ou querendo ser cego pra não ver o que está acontecendo na administração do secretário Geraldo Castro, que inclusive no dia do fato ocorrido na UEB Edson Luis na Gancharia, esteve presente e deu o apoio necessário à diretora e aos alunos.

Com informações do Imirante


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.