segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Pesquisa Datafolha aponta mudanças na corrida presidencial


Dilma tem 36%, Marina, 21%, e Aécio, 20%, diz pesquisa Datafolha.

Globo.com

O Datafolha divulgou, nesta segunda-feira (18), a primeira pesquisa sobre a corrida eleitoral depois da morte do candidato Eduardo Campos. A pesquisa à Presidência da República, encomendada pela Folha de S. Paulo e divulgada hoje pelo jornal, incluiu o cenário onde Marina Silva já aparece como candidata.

Marina ainda não teve o nome confirmado pela coligação liderada pelo PSB. Mas, o partido dá como certa a escolha dela.

Marina Silva aparece tecnicamente empatada com Aécio Neves, do PSDB, no primeiro turno com 1% a mais do que o tucano. Dilma Rousseff, do PT, lidera. O levantamento do Datafolha afasta a possibilidade de a eleição ser resolvida no primeiro.

O nível de confiança é de 95%. Isso significa que se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles, os resultados estariam dentro da margem de erro prevista que é de 2 pontos para mais ou para menos.

Na pesquisa feita no dia 17 de julho, Eduardo Campos, do PSB, tinha 8%. Depois da morte de Eduardo, o Datafolha pesquisou o cenário em que ele é substituído pela vice, Marina Silva. Nesse cenário, Marina tem 21%. Com a margem de erro, tem de 19% a 23%.

Dilma Rousseff, do PT, tinha 36%. No cenário com Marina candidata, manteve 36%. Com a margem de erro, tem de 34% a 38%.

Aécio Neves, do PSDB, tinha 20%. Agora, em agosto, no cenário com Marina, manteve 20%. Com a margem de erro, tem de 18% a 22%.

Pastor Everaldo, do PSC, tinha 3%. Manteve 3%. Com a margem de erro, tem de 1% a 5%.

Votos brancos e nulos somam 8%.
Não sabem ou não responderam 9%.


Zé Maria, do PSTU; Eduardo Jorge, do PV, têm 1% cada.

Luciana Genro, do PSOL; Rui Costa Pimenta, do PCO; Eymael, do PSDC;
Levy Fidelix, do PRTB e Mauro Iasi, do PCB, não atingiram 1%.

Simulações de segundo turno


O Datafolha também fez simulações de segundo turno. Dilma Rousseff e Marina Silva aparecem tecnicamente empatadas, com Marina numericamente à frente de Dilma.

Em uma possível disputa entre Dilma Rousseff e Marina Silva, Marina aparece com 47%. Com a margem de erro, tem de 45% a 49%.

Dilma tem 43%. Com a margem de erro, tem de 41% a 45%.
As duas candidatas estão tecnicamente empatadas, no limite da margem de erro.

Em uma possível disputa entre Dilma Rousseff e Aécio Neves, Dilma tem 47%. Com margem de erro, tem de 45% a 49%.

Aécio aparece com 39%. Com margem de erro, tem de 37% a 41%.

O Datafolha não fez simulação de segundo turno entre Marina Silva e Aécio Neves. Marina ainda não foi confirmada como candidata do PSB à presidência. Mas, os líderes do partido dão como certa a escolha dela.

Avaliação da presidente Dilma


O Instituto Datafolha também divulgou uma nova pesquisa sobre a avaliação que os eleitores fazem do governo da presidente Dilma Rousseff. A avaliação positiva do governo aumentou.

No início de julho, 35% dos entrevistados consideravam o governo Dilma ótimo ou bom. Em outra pesquisa de julho, foi para 32%. Agora, 38%.

Os que consideravam o governo regular eram 38% no início de julho. Manteve os 38%. E agora, o mesmo índice.

Os que consideravam o governo ruim ou péssimo eram 26%. Depois, 29%. E agora, são 23%.

O Instituto Datafolha ouviu 2843 eleitores na quinta-feira (14) e na sexta-feira (15).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.